quarta-feira, 20 de abril de 2011

Poderá faltar gasolina no Brasil


A direção da Petrobras já sinaliza que pode haver falta de gasolina em alguns postos do país. O motivo seria ao aumento do preços do etanol anidro, usado como mistura à gasolina tipo A, na proporção de 25%. O diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, reconheceu ontem que pode faltar gasolina em alguns postos por causa da escassez de etanol. “O mais difícil (em termos de abastecimento) é o etanol anidro para ser misturado à gasolina. Se houver falta de gasolina, pode ser causada por isso (a falta de gasolina)”, disse Costa.
Os preços do etanol anidro subiram para níveis recordes, em parte por causa da diminuição da oferta de cana na entressafra, enquanto a colheita se aproxima.
O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais do Estado do Paraná (Sindicombustíveis), Roberto Fregonese, foi surpreendido com a notícia. Segundo ele, até o inicío da noite, não havia informações no mercado desta magnitude. “O que está acontecendo é que o etanol anidro subiu mais de 205% em plena safra e o governo não está fazendo nada para mudar esse cenário”, disse.
Fregonese afirmou ainda que sabia de notícias de que distribuidoras regionais não estavam vendendo gasolina por não ter anidro para misturar a gasolina. Essa poderia ser a explicação para a suposição de que poderia haver falta do produto em alguns postos.
Pretrobras — Procurada pela reportagem, a assessoria da estatal, ressaltou que a “Petrobras afirma que o diretor de abastecimento, Paulo Roberto Costa, não declarou que vai ou pode faltar gasolina. Ele ressaltou, o que já é de conhecimento público, que existe poiuca oferta de álcool no mercado.”.
Distribuidores pagaram até R$ 2,80 pelo litro de etanol anidro ontem, incluindo impostos, com ofertas atingindo até R$ 3 por litro. Isso é um nível recorde, e muito acima dos R$ 2,10 de uma semana atrás.
“As pessoas estão com medo de escassez em áreas mais isoladas do país”, disse Marcelo Andrade, diretor da corretora Ecoflex, do Rio de Janeiro.
Os preços do etanol hidratado — o álcool combustível — também oscilam em torno das máximas de cinco anos.
O etanol hidratado era negociado ontem a R$ 1,70 o litro, acima dos cerca de R$ 1,60 de duas semanas atrás, de acordo com a corretora Mikz.
Importação  — A debandada para a gasolina corroeu os estoques de etanol anidro, forçando algumas usinas a recorrer a importações para atender à demanda. Assim como fez a Petrobras, que importou gasolina. O total das importações de etanol para a região Centro-Sul do Brasil entre janeiro e maio é agora estimado para atingir 200 milhões de litros, acima dos 150 milhões de litros há um mês. Um volume adicional de 120 milhões de litros de etanol importado chegaram ao Nordeste do Brasil, outra importante área de produção. O governo está trabalhando em uma proposta regulatória geral para a indústria de etanol e açúcar na tentativa de assegurar a produção de combustível e evitar o aperto de oferta anual na entressafra.
Texto: BemParana – foto: Divulgação 
Programa Cidade Noticias  (12:00 as 13:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário