quinta-feira, 28 de abril de 2011

2ª Divisão do Paraná - Foz fica sem tecnico


A notícia surpreendeu a todos na manhã desta quarta-feira (27). O anúncio da saída do técnico Pedro Caçapa antes mesmo da estreia no Campeonato Paranaense da 2ª Divisão causou surpresa entre os torcedores do Foz do Iguaçu Futebol Clube. Ao retornar ao clube e saber da presença de Claudemir Sturion na cidade, Caçapa comunicou a direção do Azulão da Fronteira que estava deixando o comando técnico da equipe.
De acordo com as informações da direção do clube, Sturion poderia assumir a função de gerente de futebol, mas Caçapa continuaria sendo o treinador. "Passei por Apucarana para conversar sobre possíveis reforços e estava retornando para Foz do Iguaçu. A minha esposa passou mal e precisamos ficar um dia em Campo Mourão, por isso o meu retorno atrasou um pouco. Pelo meu trabalho e pela amizade que tenho com diretores do clube, me senti traído. Sou honesto e não esperava por isso", falou.
Há 25 dias da primeira apresentação na segundona paranaense, Pedro Caçapa desabafou. "Ele não é gerente de futebol, ele é treinador. Ficaria ameaçado constantemente, eu não aceitei continuar no clube com a presença dele. Eu poderia indicar um profissional da área para ser o gerente de futebol. Não fui consultado e isso eu não aceito. Estou triste em deixar o clube dessa maneira, queria ser campeão e isso não foi permitido", frisou.
Mesmo após conversa com o presidente Loiri Dalla Corte, o Lóli, e com o diretor financeiro Arif Osman, Caçapa preferiu deixar o Foz Futebol Clube. "Não fui respeitado e estou muito triste. Não tenho como explicar o que estou sentindo. Estou pegando as minhas malas e vou seguir a minha carreira em outro lugar. Sou honesto e sou de palavra e vou vencer na carreira de treinador", encerrou.
Texto: FutebolParanaense – Foto: FutebolParanaense
Programa Intervalo no Esporte (18:00 as 19:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário