quinta-feira, 7 de abril de 2011

Netos do Pelé deixam Paraná e vão para São Paulo


O Rei terá herdeiros vestindo a camisa do São Paulo. Octavio Felinto Neto, de 12 anos, e Gabriel Arantes do Nascimento, de 10, netos de Pelé, vão trocar as categorias de base do Paraná pela estrutura do CT de Cotia a partir de julho. A dupla, acompanhada do pai Ozéas, chegará à capital paulista na próxima semana para visitar as instalações tricolores e assinar contrato. Mas só mudam realmente para São Paulo durante as férias escolares.
- Eles vêm para São Paulo conhecer o CT de Cotia e deixar tudo acertado. Mas não terão privilégio nenhum pelo fato de serem netos de Pelé. Terão que continuar estudando e serão transferidos durante o recesso escolar, no meio do ano, para que não haja qualquer prejuízo ao ensino deles - explicou Wagner Ribeiro, empresário dos meninos.
Ozéas relutou em mudar a vida dos meninos e deixar tudo na mão do empresário. Mas, ao ficar sabendo pelo Globoesporte.com que a dupla está indo para o São Paulo, gostou da notícia.
- Tinha uma resistência (a fazer parceria com empresário), mas o Wagner mostrou muita vontade e garantiu que nos levaria para um clube de ótima estrutura. Quero o melhor para os meus meninos. A partir de julho nos mudaremos para São Paulo, sim. Estamos seguindo o sonho deles. Por enquanto o Wagner só está nos ajudando com os contatos. Mas a intenção é fazer um plano de carreira para eles, porque quero segurança. Se for o São Paulo mesmo, será ótimo. É um clube que leva a sério o pessoal da base e pode nos proporcionar muita coisa boa. O Octavio joga desde os 3 anos e meio, hoje está no Paraná Clube, e vai ser bom para o crescimento dele - explicou o pai dos garotos, feliz com a notícia do acordo verbal com o São Paulo.
O contrato inicial dos garotos com o São Paulo é até cada um deles completar 16 anos, firmado nos termos das divisões de base. Os meninos só poderão assinar acordos profissionais após chegarem a essa idade. Gabriel e Octavio são filhos de Sandra Regina Arantes do Nascimento Felinto, reconhecida em 1996 como filha de Pelé após longa batalha judicial. Vítima de um câncer de mama, Sandra morreu em 2006 sem muito contato com o pai.
Texto: GloboEsporte – foto: GloboEsporte 
Programa Intervalo no Esporte  (18:00 as 19:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário