sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Polícia Ambiental flagra 17,61 hectares desmatados em Guarapuava



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: REDE SUL DE NOTICIAS Imagem: Divulgação

Uma denúncia feita à Polícia Ambiental possibilitou a apreensão de 731 árvores nativas cortadas ilegalmente, na localidade de Cara Pintado, no distrito da Palmeirinha em Guarapuava.
O desmate inclui o corte de 381 pinheiros araucária, 45 imbuias, espécies estas ameaçadas de extinção; e ainda 305 árvores nativas diversas, como miguel pintado, carne de vaca, guamirim, canela e outras, num total de 17,61 hectares.
Segundo a Polícia Ambiental de Guarapuava, parte das árvores foram cortadas em área considerada de preservação permanente às margens de córrego e do Rio Marrecas.
“Toda a documentação elaborada será encaminhada à Delegacia de Polícia Civil e ao Escritório Regional do IAP, em Guarapuava, para as medidas cabíveis”. O dono da área foi identificado, mas seu nome não foi divulgado pela polícia.
SERVIÇO
Os telefones da Polícia Ambiental são (42) 3621-7900 e (42) 3629-2161, e o e-mail: denunciaambiental@pm.pr.gov.br.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário