quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Mãe de gêmeas de 11 anos achadas com idoso de cueca conheceu suspeito de estupro na igreja, diz polícia



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: G1 Imagem: G1


A mãe das gêmeas de 11 anos que foram encontradas na casa um idoso, de 65 anos, em Santa Isabel, no fim de semana, prestou depoimento à polícia na noite de segunda-feira (23). De acordo com o delegado Carlos Alberto Oliveira, além dela, o padrasto e o irmão das meninas também foram ouvidos. A mulher disse que conheceu o homem na igreja. "A mãe alegou que não sabia de nada e que confiava nesse senhor, que se mostrava bom e ajudava a família. Ela disse ainda que ele era evangélico e ajudava a família com cestas básicas. Segundo a mãe, as filhas nunca relataram nada sobre abuso", explicou o delegado.
O delegado completou que, no depoimento, a mãe admitiu que sempre liberava as meninas para o homem, que prometia que as levaria à igreja. O delegado vai investigar se as alegações da mãe têm fundamento. Ele afirmou ainda que tem mais alguns dias para tentar ouvir outras testemunhas. Uma delas já havia dito à polícia que o suspeito dava mantimentos à família e que atraía as crianças com doces.
Segundo o boletim de ocorrência, na televisão do quarto passava um desenho infantil e havia alimentos, como gelatina, bolachas e iogurte, além de pomadas e roupas íntimas das crianças.
Policiais militares foram até o local depois de uma denúncia anônima. De acordo com os policias, ao chegar ao imóvel, eles olharam por uma fresta e viram o idoso de cuecas e que uma das meninas estava nua e a outra vestia apenas uma calcinha. Ao ser questionado pelos policiais, ele negou ter cometido qualquer crime.
O motorista foi preso e transferido a um presídio em Guarulhos. As crianças foram levadas para um abrigo até a conclusão da investigação, segundo o Conselho Tutelar. O G1 busca informações sobre a defesa do suspeito. 
De acordo com o Conselho Tutelar, as crianças fizeram o exame sexológico no Hospital Pérola Byngton no domingo (22), e o resultado deve sair em 30 dias e seguir direto para a delegacia. O Conselho Tutelar informou ainda que as meninas foram encaminhadas a um psicólogo.  

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário