terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Engenheira comete suicídio em Guarapuava



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Jacir Queirós Imagem: Jornal Extra de Guarapuava


Rosana Viomar de Lima de 55 anos, foi encontrada sem vida em sua residência na manhã desta terça-feira (27), no bairro dos Estados em Guarapuava. Segundo informações de pessoas que estavam no local quando o veículo do IML estava retirando o corpo, Rosana teria se enforcado em sua própria residência com um cinto, o qual estava pendurado em um guarda-roupas no seu quarto. - See more at: http://www.jacirqueiros.com.br/default.asp?p=noticia&id=3414#sthash.fuGf4x3d.dpuf

Rosana Viomar de Lima de 55 anos, foi encontrada sem vida em sua residência na manhã desta terça-feira (27), no bairro dos Estados em Guarapuava. Segundo informações de pessoas que estavam no local quando o veículo do IML estava retirando o corpo, Rosana teria se enforcado em sua própria residência com um cinto, o qual estava pendurado em um guarda-roupas no seu quarto.
Ontem, segunda-feira (26), Rosana já teria tentado se enforcar, mais foi impedida por familiares e encaminhada  para o hospital. O médico que atendeu Rosana, segundo informações, pediu para a família não deixar ela sozinha. Hoje, terça-feira, a empregada doméstica da residência, teve que se ausentar para levar café para o filho de Rosana, que trabalha ao lado da residência da família, foi então que a mesma aproveitou a ausência para praticar o enforcamento.
Rosana era graduada em Engenharia Civil, pela UEPG (1983), fez Licenciatura em Matemática na UNICENTRO (1986), era mestre em Educação pela UNICAMP (1984), e recentemente estava fazendo doutorado em Educação na UEM. Sua área de pesquisa era em Educação Matemática. Rosana deixou dois filhos, um deles Rafael, e o esposo Luiz Fernando Lima, professor na UNICENTRO. 



OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário