quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Suspeito diz que morte de Cíntia de Souza foi acidental



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Rodrigo de Souza (A Rede) Imagem: Ação Policial


Paulo Leandro Spinardi, principal suspeito do desaparecimento e morte da personal trainer Cíntia Quadros de Souza, prestou depoimento à Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (28). De acordo com Renato Tauille, advogado do rapaz, ele teria dito para as autoridades policiais que a morte de Cíntia foi acidental.
Spinardi e Cíntia foram até o Departamento de Trânsito (Detran) para realizar a transferência de um veículo no dia 14 de janeiro – por volta do meio-dia.
“Na sequência, eles se dirigiram até o Rio São Jorge e passaram algumas horas por lá… Namoraram e tiveram um relacionamento. Depois, a própria Cíntia disse que queria ir até as Fendas [do Rio São Jorge]. No caminho, eles tiveram uma discussão e ela tentou investir contra ele. No momento em que ele se esquivou dela, ela acabou escorregando e caiu”, relata o advogado – que esteve com o suspeito durante o depoimento.
Para Tauille, a situação deve ser tratada como algo acidental. “Ele ficou desesperado com o que viu. Até tentou prestar socorro a Cíntia, mas ficou desesperado e acabou fugindo. Posteriormente, se arrependeu da situação”, ressaltou o advogado.
Com o novo depoimento, a defesa de Paulo Leandro Spinardi entrará com um pedido para que o suspeito responda o processo em liberdade. O rapaz foi encaminhado, logo após a conversa com a Polícia Civil, para a Cadeia Pública Hildebrando de Souza.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário