domingo, 17 de julho de 2011

Toledo e Foz na frente


Cascavel consegue empate com Londrina
Aconteceu neste domingo pela manha o que seria pela lógica dos números o jogo mais fácil para o Londrina. Que ate agora tem a melhor campanha e recebia em casa o lanterna da competição, o Cascavel. O Londrina ate pênalti e que depois consegui uma reação e saiu com empate do Café. O Tubarão começou melhor e foi para cima e foi aos 11´1º que abriu o placar depois que Arthur recebeu a bola e ainda teve tempo para escolher onde colocar a bola. O Londrina dominava o jogo e foi aos 27´1º que Arthur lançou para Warlley e sofreu pênalti e na seqüência Arthur bateu e o goleiro Spada fez a defesa. E foi aos 35´1º que o Cascavel perdeu a grande chance de empatar onde Serginho lançou para Doriva desperdiça. E foi as 36´1º que o Londrina deu a resposta onde o zagueiro Fernando colocou a mão na bola e penalidade marcada e que na seguida Warlley marcou para o Tubarão. E foi aos 43´1º que o Cascavel consegui descontar através de Wagner. E com o gol o Cascavel foi para cima em busca do gol de empate mais sem sucesso. Veio o 2º tempo e o Londrina tava melhor mais o castigo veio aos 5´2º onde o Cascavel consegue empatar com Lucianio. O gol realmente acordou o Londrina que foi em busca do gol mais o Cascavel tava muito bem postado atrás e foi sem sucesso e acabou amargando o 1º empate no 2º turno o Londrina
LONDRINA 2 X 2 FC CASCAVEL
Londrina:
Danilo; Maicon, Rogério, Fernando e Carlópolis (Éverton); Mauro, Cleiton (Eduar), Bruno e Wendell; Warlley e Arthur (Peterson).
Técnico:
Cláudio Tencatti.
Cascavel:
Spada; Grafite, Douglas, Fernando e Kaká (Adams), Luciano, Doriva, Alex (Willian) e Jocivalter (Serginho); Wagner e André Gadelha.
Técnico:
Rodrigo Pastana.
Local:
Estádio Do Café, em  Londrina.
Árbitro:
Alessandro Belentani.
Assistentes:
Alessandro Michel de O. Domiciano e Reinaldo Almeida Martins.
Público
2.417
Renda:
R$26,250,00.
Cartões Amarelos:
Doriva, Wagner, Serginho e Willian pelo FC Cascavel; Wendel pelo Londrina.
Gols:
Arthur, aos 11 minutos e Warlley aos 37 do primeiro tempo pelo Londrina; Wagner aos 43 do primeiro tempo e Luciano aos 5 minutos do segundo tempo pelo Cascavel.

Vitória nos acréscimos
A equipe do Foz acabou achando uma vitória nos minutos finais e com isso também a liderança no 2º turno ao lado do Toledo. O Foz tava melhor no ia para o ataque com mais freqüência e sua primeira grande chance foi de Karreta que acertou a trave depois do lançamento de Pequi. Depois deste lance a chuva aumentou e as equipes atacavam pouco e o NAC só teve uma chance com Pezão e o Foz outra com Gilson. Veio o 2º tempo e o jogo não mudou muito do 1º período e sem muita chance de gol e o Foz acordou foi depois dos 30´2º que atacava mais onde teve duas grandes chances com Bruninho Guerreiro. E como tava melhor o Foz só consegui marcar somente nos acréscimos através da cabeça de João Renato aos 47´2º.
FOZ DO IGUAÇU 1 X 0 NACIONAL
Foz:
Cleberson; Alison, João Renato, Téssio e Gilson; Bruno Guerreiro, Bahia, Rafael Kanela e Almir Dias (Edinaldo); Karreta e Pequi (Danielzinho).
Técnico:
Pedro Caçapa
Nacional:
Serginho; Caio, Éverton, Spyce (William) e Renan Silva; Rocha, Marcelo, Joélson Pezão e Rogerinho; Negretti (Tharles) e Clênio (Samuel).
Técnico:
Gilberto Papagaio.
Local:
Estádio ABC FC, em Foz do Iguaçu.
Árbitro:
Eduardo Elias Melek.
Assistentes:
Marcelo Pavan e Sidney Pedro da Silva.
Público
162
Renda:
R$ 1.120,00.
Cartões amarelos:
João Renato, do Foz do Iguaçu. Negretti, do Nacional.
Gol:
João Renato, aos 47 minutos do segundo tempo.

Toledo vence o Iguaçu de técnico novo
O Toledo entrou em campo sabendo que precisava vencer depois do empate pela manha do Londrina diante do lanterna e ainda recebeu uma equipe motiva já que o técnico Alemão não agüentou e saiu e em seu lugar acabou assumindo Nunes que foi já campeão pelo Serrano. Mais mesmo assim não foi tempo para Nunes colocar seu trabalho em campo e tomou muita pressão do Toledo. A equipe ia para o ataque mais sem sucesso e como também a chuva atrapalhou o jogo e deixando um gramado muito pesado. Veio o 2º tempo e a pressão do donos da casa era grande e foi aos 11´2º que abriu o placar onde Irineu cruzou e encontrou Rafael no primeiro pau marcar. E não demorou muito para o Toledo ampliar e foi aos 16´2º que Safira cruzou e a bola foi parar em Rafael marcar. E depois disso foi só o Toledo administrar e nada pode fazer o Iguaçu.
TOLEDO 2 X 0 IGUAÇU
Toledo:
Oliveira; Eduardo, Everton e Gustavo (Rafinha); Juninho, Rafael Mineiro (Rafael Domingues), Eurico, Nelsinho; Safira, Irineu (Paulo Henrique) e Rafael Santos
Técnico:
Rogério Perrô.

Iguaçu:
Leandro, Jean, Caio, Ricardo, Oliveira ( Jhonathan); Viola (Eliel), Beto (Elber), Dudu, Suares; Andre Nunes e Alan.
Técnico:
Nunes.
Local:
Estádio Municipal 14 de Dezembro, em Toledo.
Árbitro:
Anderson Iraci Guimarães.
Assistentes:
Flávio Húpalo e Cristiano Teixeira Lombardi.
Público
237
Renda:
R$ 3.450,00.
Cartões amarelos:
Ricardo, André Nunes, Beto e Soares pelo Iguaçu. Everton e Juninho pelo Toledo.
Cartão vermelho:
André Nunes pelo Iguaçu.
Gols:
Rafael Santos aos 11 e aos 16 minutos do 2º tempo para o Toledo.
Texto: Élio Kohut(RadioCidade) – Foto: FutebolParanaense
Programa Intervalo no Esporte (18:00 as 19:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário