quarta-feira, 20 de julho de 2011

Prudentópolis é destaque na criação no emprego no Paraná


O Paraná criou, no primeiro semestre do ano, 98.874 novos empregos formais, segundo dados divulgados ontem, terça-feira (19), pelo Ministério do Trabalho, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). A taxa de crescimento em relação ao estoque de mão de obra foi de 4,15%, maior que a média do País (3,94%). Os dados mostram ainda que, no mês de junho, o Paraná registrou um saldo de 6.777 contratações com carteira de trabalho assinada.
Com o resultado do semestre, o Estado se mantém líder da Região Sul do País, à frente de Santa Catarina, que registrou 57.895 empregos até o momento e do Rio Grande do Sul, que criou 90.278 postos. O Paraná também está entre os quatro estados brasileiros que mais contrataram, juntamente com São Paulo (521.746), Rio de Janeiro (99.175), e Minas Gerais (214.783).
RMC
A Região Metropolitana de Curitiba contratou 35.391 trabalhadores no primeiro semestre. Em junho, o número de contratações foi de 2.928. Enquanto isso, o interior do Estado gerou 63.483 novos postos de trabalho de janeiro a junho deste ano e 3.849 empregos no mês.
Para o secretário estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli, o bom desempenho do Paraná é resultado das políticas públicas desenvolvidas pelo governador Beto Richa. "A isenção e redução de ICMS para micro e pequenas empresas e a continuidade da política do maior piso regional do País, faz com que a economia paranaense continue aquecida e mantenha o Paraná entre os líderes de geração de empregos", afirma.
Setores
O maior número de novas contratações formais foi registrado no setor de serviços - no semestre foram criados 36.626 postos e em junho, 2.911. Na segunda colocação entre os setores está a indústria, com 30.111 empregos gerados de janeiro a junho e 1.950 no último mês. O comércio apresentou saldo de 12.464 empregos no semestre e de 1.428 em junho.
A construção civil que, mês a mês, se destaca entre os setores da economia paranaense criou 11.813 postos formais de janeiro a junho deste ano, destes, 157 no último mês. Depois, aparecem os seguintes setores: agropecuária, com 5.461 empregos no semestre e 52 em junho; administração pública (1.396 no semestre e 147 em junho); serviços de utilidade pública (817 de janeiro a junho e 133 no mês).
Guarapuava
Por sua vez, Guarapuava, entre as 53 cidades que mais geraram emprego em junho no Paraná, ficou na 51ª posição com saldo negativo de -267 empregos. É o 4º mês seguido que o município está com saldo negativo na geração de empregos. O setor que mais demitiu pessoas em Guarapuava no mês de junho foi a construção civil, que obteve saldo negativo de -208 empregos, o setor de indústria de transformação também obteve saldo negativo de -81. Já o comércio ficou com saldo negativo de -50, juntamente com agropecuária, que ficou com saldo de -8. O setor de serviços ficou com saldo positivo de 78 empregos.
As surpresas na região ficaram por conta de Laranjeiras do Sul ocupando a 27º posição com saldo positivo de 34 empregos e Prudentópolis na 30º posição com saldo de 10 empregos.
Confira o ranking completo:


Posição
Municipio
Saldo
Curitiba
1863
Paranaguá
441
Maringá
415
São José dos Pinhais
327
Paranavaí
326
Araucaria
316
Colombo
237
Ponta Grossa
226
Apucarana
223
10º
Medianeira
195
11º
Cambé
164
12º
Paiçandu
127
13º
Sarandi
123
14º
Rolandia
122
15º
Mandaguari
103
16º
Fazenda Rio Grande
96
17º
Arapongas
94
18º
Castro
90
19º
Foz do Iguaçu
87
20º
Umuarama
75
21º
Francisco Beltrao
74
22º
Ibiporã
66
23º
Irati
62
24º
Dois Vizinhos
55
25º
Pinhais
54
26º
Jacarezinho
37
27º
Laranjeiras do Sul
34
28º
Cascavel
27
29º
Ivaiporã
25
30º
Prudentopolis
10
31º
Palmeira
8
32º
Lapa
0
33º
Piraquara
-2
34º
Assis Chateubriand
-2
35º
Marechal Cândido Rondon
-3
36º
Campo Largo
-6
37º
Pitanga
-14
38º
São Mateus do Sul
-25
39º
Almirante Tamandaré
-33
40º
Cianorte
-34
41º
Campina Grande do Sul
-38
42º
Toledo
-46
43º
Uniao da Vitória
-54
44º
Santo Antonio da Platina
-56
45º
Jaguariaíva
-77
46º
Bandeirantes
-100
, ,
47º
Pato Branco

Nenhum comentário:

Postar um comentário