quarta-feira, 27 de março de 2013

Pessankas: ovo de páscoa recheado de simbolismo e tradição



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Rodrigo Zub (Radio Najua) e reportagem, Élio Kohut (Intervalo da Noticias) Imagem: Élio Kohut (Intervalo da Noticias)

Os ovos de chocolate são os produtos mais procurados nessa época do ano? Na região Centro-Sul muita gente aposta numa lembrança diferente para a páscoa. Ela é bem pequena, tem zero caloria e dá um trabalhão para fazer. Os ucranianos trouxeram a receita para o Brasil. Aqui a produção recebeu o nome de pessankas.
Em Prudentópolis, o colaborador da Najuá, Elio Kohut, passou uma tarde acompanhando o trabalho executado por João Barbosa. Na casa dele, os ovos de galinha ganharam novas cores sem deixar de lado a tradição. De acordo com João, os pedidos não são feitos apenas por decentes de ucranianos e aumentam durante o período que antecede a páscoa. Ele explica que os desenhos têm vários significados. O símbolo conhecido por servo simboliza saúde e riqueza, enquanto que as estrelas significam beleza e sabedoria.  João conta que os desenhos ainda remetem para outros significados como: prosperidade, amor, felicidade e até boa colheita, no caso da pintura de trigo.
As pessankas são uma forma de lembrar a ressurreição de Cristo.  Para alguns, as pessankas são um amuleto da sorte, para outros ela mostra que é tempo de purificar, renovar e renascer.
João diz que os desenhos são feitos geralmente em ovos de galinha. Ele lembra que já fez trabalhos em ovos maiores (avestruz ou ganso). O produtor de pessankas afirma que procura mesclar as cores, formas e tipos do produto. João usa cores mais claras para tons mais fortes. A cera também tem papel fundamental para proteger a pintura. Sobre a produção, João destaca que não existe um número aproximado de quantas pessankas consegue produzir por dia. “Depende o tipo de ovo e o desenho, mas em média são de três a dez pessankas por dia”, destaca.
Confira a entrevista com João Barbosa ao repórter Élio Kohut:

 
Confira as fotos:







Nenhum comentário:

Postar um comentário