terça-feira, 30 de outubro de 2012

Beto Richa pode estar mentindo seu destino de viagem diz Dep. Tadeu Veneri/PT



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Radio Najua Imagem: Divulgação

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) recusou nesta terça-feira (29) o requerimento apresentado pelo deputado Tadeu Veneri (PT) que solicitava à Casa Civil informações e detalhamentos da viagem do governador Beto Richa (PSDB) ao exterior. Ele viajou no domingo (28) e retoma o cargo na segunda-feira (12), após passar por China, Dubai e Itália. O requerimento recebeu dois votos favoráveis e 28 contrários. O líder do governo na Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), agiu para evitar a aprovação. Disse aos deputados que a agenda foi amplamente divulgada pelos veículos de comunicação e que não via razão para a aprovação do requerimento. Antes da votação, em tom irônico, o petista disse acreditar que tenha sido uma coincidência que o governador esteja em Dubai na época do GP de Abu Dhabi, que ocorre no domingo (4). A distância entre as cidades é de aproximadamente 150 quilômetros. É pública a paixão do governador por velocidade, inclusive, ele participou da edição de 2011 das 500 Milhas de Londrina.
Veneri questionou ainda a mudança de um dos países visitados, já que a autorização para a viagem, aprovada em Plenário, referia-se a China, Líbano e Itália. Para o parlamentar, as informações divulgadas oficialmente pelo governo estadual são genéricas. Veneri queria saber, por exemplo, quem compõe a comitiva que acompanha Richa e, especificamente, o que o governador fará em cada país. De acordo com o governo estadual, a viagem visa apresentar o Paraná a investidores estrangeiros. Richa viajou no domingo (28) e, segundo o governo estadual, fica em Xangai até domingo (3) para negociações e acordos para o setor energético. Depois, na segunda-feira (5), segue para Dubai onde tem um encontro com o embaixador do Brasil nos Emirados Árabes. Por fim, o governador vai a Milão na quarta-feira (7). Não foram informados os compromissos de Richa na Itália. Com relação à substituição de Líbano por Dubai, o governo estadual argumentou que é normal haver alterações nas agendas.


Um comentário:

  1. se o governador mente para assistir corrida no exterior, o que esperar na segurança, educação e saúde??

    ResponderExcluir