quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Vereador perde o mandato pela 2ª vez


O Tribunal de Justiça do Paraná decidiu nesta quarta-feira (14) que o vereador Nelson Silva de Souza (PMDB), cassado por supostamente ter agredido fisicamente outro parlamentar, dever perder novamente o cargo. Uma decisão de primeira instância havia concedido a ele o direito de permanecer como vereador de Campo Largo, na Região Metropolitana. O parlamentar pode recorrer da decisão. De acordo com o desembargador Leonel Cunha, a sentença que devolveu o mandato ao parlamentar foi sustentada equivocadamente na irregularidade do voto da vereadora Sandra Marcon (PP). “Não há qualquer impedimento ou suspeição em relação à vereadora”, diz parte da sentença proferida pelo desembargador Cunha. O vereador afirmou ao G1 que ele e o advogado não foram notificados e que se isso ocorrer ele vai recorrer. Conhecido como Nelsão, o vereador de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, foi cassado em três de agosto deste ano por quebra de decoro parlamentar. Ele teria dado uma “cabeçada” no colega Wilson Andrade (PSB). Sem concordar com a decisão da Câmara, Nelsão recorreu à Justiça e conseguiu, vinte dias depois, uma liminar que determinou que ele reassumisse o cargo. “Entendemos não houve agressão violenta. (...) Foi um contato físico”, disse Nelsão. Segundo ele um desentendimento entre dois vereadores não pode acarretar em cassação de mandato e na perda de direitos políticos. O PSB, que é o autor do processo, pediu que os direitos políticos de Nelsão fossem suspensos por 12 anos.

Texto: G1 Paraná  – Foto: G1 Paraná
Programa Cidade Noticias (12:00 as 13:00 hrs) – Radio Cidade FM – WWW.cidade104fm.com.br  

Nenhum comentário:

Postar um comentário