terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Marido mata grávida de oito meses e confessa: "Estava bêbado"



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: R7 Imagem: R7

O crime brutal chocou os moradores de Nilópolis, no Rio de Janeiro, e também os policiais. Na delegacia, Jonas de Almeida confessou ter matado a própria mulher, Hanna Tainá Pereira de Oliveira, de 22 anos, e ainda contou detalhes sobre o crime. De acordo com os familiares da vítima, o casal tinha um longo histórico de brigas e discussões.
Jonas estava completamente drogado quando iniciou a última discussão com Hanna. Sem pensar nas consequências, o criminoso espancou a própria mulher até a morte.
Hanna tinha duas filhas menores e, na barriga, carregava o terceiro filho do casal. A vítima estava no oitavo mês de gestação quando a tragédia aconteceu.
As filhas do casal foram entregues ao conselho tutelar, mas deverão morar com a tia materna. O assassino foi encaminhado ao 57ª DP, em Nilópolis, e confessou todo o crime em depoimento.
Segundo o delegado que investigou o caso, o criminoso estava tão drogado na delegacia que não fazia ideia da gravidade dos fatos.
— Ele não se recordava de praticamente nada. Foi dada a voz de prisão e a gente comentou que a mulher havia falecido e o bebê também.
Para as autoridades, o criminoso não mostrou arrependimento algum. Na verdade, ele estava bem desorientado por causa das drogas.
"Quando soube da morte da mulher, não demonstrou nenhuma tristeza. Isso mostra a frieza do autor", completou o delegado.
Jonas de Almeida foi preso e vai responder pelo crime atrás das grades.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário