segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Jovem com leucemia usa últimos dias de vida para estimular doação de órgãos



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: R7 Imagem: Daily Mail

Kathryn Cartwright, de 22 anos, luta contra a leucemia há seis anos e lamenta a quantidade insuficiente de doadores de órgãos e medula óssea. Antes de morrer, ela diz que quer conscientizar as pessoas sobre a importância deste ato de amor. As informações são do site Daily Mail
Depois de passar por dois transplantes de medula óssea, uma substituição do fígado e quimioterapia Kathryn tem apenas meses de vida.
Após o diagnóstico de leucemia, aos 16 anos, o primeiro doador foi sua irmã mais velha. No entanto, a saúde de Kathryn só piorou.
Com apenas 20% de chance de sobreviver, a jovem precisou se submeter à nova cirurgia. Desta vez, o doador foi encontrado na Alemanha, mas Kathryn teve muitas reações e precisou ser hospitalizada por quase um ano. Foi durante este tempo que ela precisou passar por um transplante de fígado.
Por conta de todos os problemas, a capacidade pulmonar de Kathryn se reduziu quase pela metade e ela foi obrigada a usar cadeira de rodas. Além disso, os médicos detectaram pedras nos rins, que foram rapidamente resolvidas.
Agora, Kathryn está com novos problemas no fígado e precisa de um novo transplante para sobreviver. 
- Eu e minha família sabemos que nem tudo está bem, mas estamos tentando fazer o melhor que pudermos.
Assim como celebrar o Natal e seu aniversário em janeiro, Kathryn deseja usar o tempo restante de vida para incentivar a doação de órgãos e medula óssea. 
- Ainda tenho coisas que preciso fazer e não quero ir antes disso.  



OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário