quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Concessionária apresenta projeto que prevê construção de viaduto na BR-373



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Rodrigo Zub (Rádio Najuá) Imagem: Élio Kohut (Intervalo da Noticias/Rádio Najuá)

Foto: O cinza claro é a BR-373. Já cinza escuro é parte da marginal e como ficará o trânsito no local.
Construção de dois quilômetros de marginais, sinalização, rotatórias e um trevo para ordenar o trânsito e diminuir os riscos para as pessoas que trafegam pelo perímetro urbano da BR-373, em Prudentópolis. Esses são alguns dos detalhes técnicos do projeto apresentado nesta quarta-feira, 23, pela concessionária Caminhos do Paraná, que irá providenciar melhorias na principal via de acesso para os prudentopolitanos. A obra deve ter início dentro de aproximadamente 20 dias.
A reunião realizada na Câmara de Vereadores de Prudentópolis, contou com a participação de vereadores, moradores e do prefeito Gilvan Agibert (PPS). O presidente da Câmara, Júlio Makuch (PSD), diz que a construção do viaduto é o resultado da mobilização da população, dos vereadores e do prefeito. Ele afirma que diversas reivindicações foram feitas para que fossem providenciadas alterações na rodovia, a fim de garantir a segurança dos pedestres que circulam pela local. “Tivemos a oportunidade de ir ao escritório da Caminhos do Paraná, em Irati. Convidamos moradores representando a comunidade e articulamos a vinda dos diretores da empresa para Prudentópolis. Agora eles apresentaram o projeto de forma oficial”, comemora Makuch.
O prefeito de Prudentópolis afirma que a construção do trevo é a realização de um sonho de muitas pessoas. Agibert conta que a administração municipal tem lutado desde 2010 para que a obra seja feita. “Valeu à pena esperar. A obra foi antecipada porque tínhamos informações que deveria sair em 2014”, destaca.
Segundo o prefeito, o projeto prevê a construção de 2,6 km de marginais e uma passarela entre o bairro Habitar Brasil e a Vila Esperança. Agibert comemora o investimento e lembra que existem uma escola municipal e outra estadual, além de uma creche nas proximidades da rodovia. Por isso, ele entende necessária a implantação de redutores de velocidade para garantir a trafegabilidade de motoristas e evitar a incidência de acidentes.
Diretor explica o projeto
O diretor de Operação de Manutenção da Caminhos do Paraná, Marcio Agulham Martins, enaltece que a construção da trincheira, conforme é tratado tecnicamente o projeto, é necessária em função do aumento da frota e das necessidades do município de Prudentópolis.
Marcio explica que parte do trânsito deve ser deslocada por baixo da rodovia, o que vai ordenar o tráfego de veículos por meio de vias laterais e marginais tornando a passagem de carros e pedestres com mais segurança. O diretor comenta que as marginais estarão prontas até a interrupção definitiva da rodovia, facilitando o deslocamento do trânsito. Ele também lembra que o projeto prevê a construção de uma passarela na Vila Esperança, que é uma travessia perigosa apesar dos radares e sinalização instalados.
O trevo que dá acesso ao bairro São Josafat foi aprovado e executado pelo DER e será mantido com uma dos acessos principais de Prudentópolis, de acordo com Márcio. “Será interligado as marginais e a nova passagem e pavimentação. Com isso, vamos integrar um sistema seguro com previsão de execução de um ano. Mesmo assim, queremos antecipar e minimizar os problemas e concluir antes de novembro de 2014”, espera.
O projeto indica que será asfaltada a marginal até a Vila Iguaçu. Já o viaduto deverá ser construído na rua Lamenha Lins e nova passarela no início da Vila Iguaçu.
Rodovias estaduais
Marcio ainda explicou que a rodovia Estadual Pedro Denczuk, a PR-160, em Prudentópolis, não integra o lote de rodovias estaduais administradas pela concessionária. Ele indica que a negociação que determinou as empresas responsáveis foi concluída há algum tempo e não como incluir ou fazer mudanças no projeto. O diretor também relatou que a PR-438, em Teixeira Soares, faz parte da área sob jurisdição da empresa.
Reunião
Participaram da reunião na Câmara os representantes da Caminhos do Paraná: Jean Carlo Mattos (Coordenador Técnico), Marcio Agulham Martins (Diretor de Operação de Manutenção) e o advogado Thiago Vander de Godoy. Vereadores: Adriano Cardozo/PRB, Marcos Vinicius dos Santos/PT, Adilson Yako/PSC, Valdir Krik/PPS, Julio Makuch/PSD, Marcos Lachovichz/PPS, Osmar Pereira/PTB e Luciano Antonio/PMDB, além do prefeito Gilvan Agibert. 
Confira as fotos e entrevistas:






Marcio Agulham Martins (Diretor de Operação de Manutenção)

Prefeito Gilvan Agibert:

Vereador Julio Makuck:

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário