quarta-feira, 30 de abril de 2014

Família busca ajuda médica para menino com síndrome do 'pé grande'



Na reportagem não fala de onde é menino, mais é provável que seja de Ponta Grossa.
By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Luana Souza (Diário dos Campos) Imagem: Fábio Matevelli (Diário dos Campos)


A família de Tiago Henrique Viana, três anos, busca tratamento médico pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para a criança que nasceu com a síndrome de Proteus - doença que se caracteriza pelo crescimento exagerado da pele e que afeta 200 pessoas em todo o mundo - mais conhecida como síndrome do 'pé grande'. Segundo a mãe do menino, Aline Lúcia Viana, a criança realiza acompanhamento no Hospital Pequeno Príncipe em Curitiba, mas não toma nenhum tipo de medicamento.
"Vamos até lá a cada cinco meses. Ele faz raio-x e nos mandam embora. Já nos disseram que o caso dele não tem solução. Apenas que poderá realizar uma cirurgia no joelho quando estiver com 10 anos. Por conta própria dou remédios para ele quando reclama de dores nos pés", comenta Aline. A mãe de Tiago disse ainda que sente falta de um acompanhamento psicológico para filho. "Ele tem apenas três anos e já começou a reparar nas outras crianças e a me perguntar porque o pé dele é maior que o delas. Sei que isso tende a piorar quando ele crescer. O meu medo é que meu filho crie um preconceito com ele mesmo no futuro", afirma.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário