quarta-feira, 30 de abril de 2014

Entidades e agricultores reivindicam mais recursos para habitação rural

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Divulgação Imagem: Divulgação

A ASSINTRAF – Prudentópolis acompanhou um grupo de agricultores familiares na Superintendência da Caixa Econômica Federal para reivindicar mais recursos para o PNHR. Novamente agricultores e agricultoras familiares de todas as regiões de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul foram às ruas nesta terça-feira, 29, em busca de melhores condições de vida e políticas públicas para o meio rural. O objetivo das mobilizações que aconteceram nas superintendências da Caixa Econômica Federal foi solicitar ao governo Federal a liberação de recursos para os projetos de habitação rural pendentes junto aos agentes financeiros e recursos para novas contratações. A principal reivindicação dos agricultores familiares é a liberação de recursos para contratação de novos projetos do Programa Nacional de Habitação Rural e pagamento dos contratos já assinados pelos agricultores familiares. “Reconhecemos que o governo Federal criou um programa de habitação que beneficiou milhares de brasileiros, porém, precisamos de mais recursos para contratar os projetos que já aguardam liberação nos agentes financeiros. 
Na região Centro-Sul, Centro e Campos Gerais são mais 400 projetos que aguardam contratação. No Paraná temos mais de 2 mil contratos para serem efetivados. Esse grande número de projetos para contratação se deve a necessidade de casas para a agricultura familiar que nunca antes teve este direito reconhecido pelo Governo Federal, então esse acúmulo secular faz a demanda ser urgente. Queremos essa garantia desses recursos para a habitação rural para avançarmos”, salientou o coordenador municipal de Habitação da Cooperhaf de Prudentópolis – PR e presidente da ASSINTRAF, José Vilmar Montani. Enquanto as manifestações aconteciam em diversas cidades e Estados, uma comitiva da região foi recebida em Ponta Grossa pelo gerente regional da SR dos Campos Gerais, Julio César Goginski, e técnicas da superintendência. 
Foi proveitosa a reunião e serviu para traçarmos uma estratégia para atender a demanda. O gerente comentou: “ Este é o melhor programa da habitação para agricultura familiar e tenho orgulho de dizer que estamos podendo ajudar os agricultores familiares.” As mobilizações aconteceram nos municípios de Chapecó e Criciúma em Santa Catarina, Ponta Grossa e Cascavel no Paraná, em Três Passos, Pelotas, Caxias do Sul e Passo Fundo no Rio Grande do Sul e em dez outros Estados brasileiros reunindo milhares de pessoas.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

2 comentários:

  1. Sabem me informar qual foi a resposta dada pelas autoridades? Os projetos serão liberedos?

    ResponderExcluir