sábado, 26 de janeiro de 2013

Confira dez passos para deixar o churrasco mais saudável



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Bonde News Imagem: Divulgação

Quem não gosta de um churrasco no final de semana? Refeição favorita dos brasileiros, principalmente nas férias e em dias de sol, o churrasco guarda muitas armadilhas calóricas para quem está fazendo dieta ou quer levar uma vida mais saudável. No entanto, com os cuidados adequados, é possível aproveitar uma refeição saborosa, riquíssima em diversos nutrientes com poucas gorduras! Confira o que as nutricionistas aconselham e invista no churrasco amigo da sua dieta.
Cortes magros de carne vermelha
A nutricionista Camila Attademo, da Clínica Libert, explica que o miolo de alcatra é a melhor escolha quando o assunto é um churrasco saudável: "Além de saboroso, esse corte é o mais magro". Porém, pelo fato de terem pouca gordura, essas carnes podem ficar muito secas depois de assadas, mas basta não esquecê-las na churrasqueira. Se você não resistir a carnes mais gordas, como a picanha e o filé mignon, retire a capa de gordura. "Também evite a costela suína e bovina, que são bastante gordurosas", explica a nutricionista Patrícia Bertolucci, da PB Consultoria em Nutrição.
Frango e peixe são opções mais saudáveis
Prefira o frango sem pele, já que ela acumula muitas calorias. De acordo com a nutricionista Camila Attademo, o frango é mais saudável que a carne, mas o peixe ganha de todos. "Além de ser mais magro, o peixe é digerido com mais facilidade e é rico em ômega 3, um grande aliado do coração", diz. A forma mais saborosa de preparar o peixe na brasa é com temperos, como ervas, podendo embalar ou não no papel alumínio. "O peixe estará bom quando as escamas estiverem torradas", conta Camila.
Fuja dos embutidos
"Alimentos como a linguiça devem ser evitados, pois são ricos em conservantes, sódio e gordura, que provocam retenção de liquido e aumento de peso", conta a nutricionista Patrícia Bertolucci. Ela diz que o ideal é passar longe desse tipo de alimento: "Se não conseguir resistir, não consuma mais do que meia unidade". Linguiças de frango também são boas opções.
Deixe a carne mais longe da brasa
A fumaça do carvão libera substâncias com alto potencial cancerígeno. Por isso, para não correr risco é melhor não comer pratos feitos na brasa todas as semanas. Na hora de assar as carnes, deixe-as a uma distância de 50 a 80 centímetros do fogo. O churrasco vai demorar um pouco mais para ficar pronto, mas o cuidado vale a pena.
Invista nas saladas e frutas
Para acompanhar a carne, nada melhor do que uma porção de salada variada, com folhas como rúcula e agrião, palmito, tomate e diversos outros vegetais. Já as frutas também são muito bem vindas, pois incluem fibras, vitaminas e minerais às refeições. O vinagrete também merece atenção, principalmente para quem sofre de gastrite, pois contém ácido acético. Alguns desses alimentos podem, inclusive, ser preparados na churrasqueira também. A nutricionista Camila Attademo dá a dica: o abacaxi e a banana assados dão uma ótima sobremesa. A medida é sempre uma rodela fina de abacaxi para ½ banana, que pode, inclusive, ser acompanhada de uma pitada de açúcar e canela - sempre sem exageros. Cuidado com o pão e a maionese. Não adianta se matar na salada e depois comer um monte de pão francês com farofa ou maionese - eles são fontes de carboidrato simples e não contribuem significativamente para a dieta. Os pães de alho também devem ser consumidos em moderação, já que a gordura da margarina presente no alimento chega a ser pior do que a da carne. De acordo com Camila Attademo, comer uma colher de sopa de farofa ou 1/2 pão francês com uma colher de sopa de pasta de alho feita com maionese 0% colesterol é mais saudável. "Mas faça uma escolha só: pão, uma colher cheia de farofa ou uma colher de sopa cheia de arroz." A farofa também pode ser reinventada. A dica é substituir a farinha de mandioca por biscoito de água e sal triturado.
Atenção ao queijo coalho
Por possuir muitas calorias (103 por unidade) o queijo coalho deve ser consumido em pequenas quantidades. Metade de uma unidade de queijo, acompanhado das carnes e dos acompanhamentos, já é o suficiente para matar a vontade e não interferir na dieta.
Bebidas alcoólicas podem ser consumidas?
"As bebidas alcoólicas, além de serem calóricas e facilitarem o acúmulo de gordura, são prejudiciais à saúde quando consumidas em excesso", alerta Patrícia Bertolucci. Modere a quantidade dessas bebidas. Um copo de caipirinha de frutas com açúcar, por exemplo, possui cerca de 300Kcal - o equivalente a duas latas de cerveja (151Kcal cada). Se o drink for feito com a adoçante, a contagem cai para 240Kcal.
Suco ou refrigerante?
Os sucos de frutas podem ser uma alternativa aos alcoólicos, já que possuem menos calorias e são mais saudáveis. "Mas cuidado com a fruta usada, já que há opções naturalmente mais calóricas que outras", explica a nutricionista Camila Attademo. Um exemplo é o suco de laranja sem açúcar, que possui 150Kcal, em comparação ao de abacaxi, que tem só 63Kcal. "Uma boa alternativa é consumir chá branco, que tem zero calorias", aconselha Camila. Já o refrigerante deve ser deixado de lado segundo as nutricionistas, pois contribui para a retenção de líquido e possui muito açúcar, sódio e conservantes.
Prato equilibrado
A nutricionista Camila montou três opções de pratos que ficam equilibrados e têm poucas calorias e gorduras. "As saladas de folhas verdes sempre devem acompanhar todos os pratos, para que a digestão seja facilitada e a saciedade, maior, sem excessos", explica. As três possibilidades são:
Prato com bebida alcoólica: 1/2 queijo coalho + 1/2 pão com pasta de alho ou 1 colher de farofa + fruta grelhada + carne (100g) + 1 copo de caipirinha = 773Kcal
Prato com Suco: 1/2 queijo coalho + 1/2 pão com pasta de alho ou 1 colher de farofa + fruta grelhada + carne (100g) + suco de abacaxi sem açúcar = 536Kcal
Prato com chá branco: 1/2 queijo coalho + 1/2 pão com pasta de alho ou 1 colher de farofa + fruta grelhada + carne (100g) + chá branco à vontade = 436Kcal. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário