domingo, 14 de agosto de 2011

Londrina está de volta na 1ª Divisão do Paraná


O Londrina Esporte Clube está de volta à primeira divisão do futebol estadual. O Tubarão venceu o Nacional por 1 a 0, pela semifinal do Campeonato Paranaense da Divisão de Acesso, no estádio Erich Georg, em Rolândia. A renda somou R$ 20.980,00 para 1.199 pagantes (1.262 torcedores no total). Como tinha um ponto de bonificação por ter sido campeão do primeiro turno, o Londrina somou 4 pontos e eliminou o jogo de volta no Estádio do Café.
Em partida duramente disputada, com marcação forte pelas duas equipes e dificuldade para as equipes tocar a bola devido às condições do gramado, o Nacional criou a primeira chance aos 6 minutos, em cruzamento do lateral Negreti para o atacante Clênio. O zagueiro Rogério chegou a tempo para dividir e impedir a finalização. O Londrina conseguiu ameaçar o gol de Serginho aos 10 minutos, com Warlley.
O Nacional explorava bastante as jogadas pela direita, com Negreti, e tinha forte presença no meio-de-campo, mas seu ataque não levava vantagem contra a bem postada defesa do LEC. Aos 28 minutos, o time de Rolândia perdeu Roberto Pítio e Marcelinho entrou em seu lugar.
O gol londrinense surgiu aos 32 minutos. Wendell lançou o volante Silvio, que apareceu na área e finalizou na saída de Serginho.
Em uma jogada ofensiva, Warlley sentiu dor muscular e ficou caído na área adversária. O goleiro do Nacional praticamente arrastou o atacante para fora de campo e foi advertido com cartão amarelo.
Aos 38 minutos, o Nacional teve ótima chance para empatar. Em rápida cobrança de falta, Negreti recebeu livre na área do Londrina e o goleiro Danilo salvou com os pés.
Pressão
No segundo tempo, como era de se esperar, o Nacional voltou com força total e pressionou o Londrina. Logo aos 4 minutos, Danilo fez grande defesa em cabeçada de Marcelinho. O mesmo Marcelinho arriscou chute de fora da área aos 9 minutos e o goleiro do Tubarão colocou a escanteio.
Ao tentar retardar a colocação de bola em jogo, o volante Sílvio acabou recebendo cartão amarelo (terceiro) e terá de cumprir suspensão na próxima partida. O Londrina conseguiu equilibrar as ações, mas sem levar perigo do gol do Nacional.
Precisando do empate para forçar o segundo jogo, o técnico Carlos Sérgio fez uma alteração ousada, tirando o zagueiro Everton para colocar o atacante Samuel . No Londrina, o jovem atacante Wéverton entrou no lugar do meia Ricardinho, que saiu contundido.
O Nacional partiu para a pressão mais uma vez. Mas num contra-ataque aos 36 minutos, Arthur cruzou para trás, a bola passou por Wéverton e Warlley apareceu para finalizar, mas Serginho fez grande defesa.
O volante Mauro, contundido, cedeu o posto ao júnior Bidia. Nos minutos finais, o time de Rolândia foi totalmente para o ataque. Aos 44 minutos, em chute forte de fora da área, Danilo pegou firme.
Já nos acréscimos, o técnico Cláudio Tencati promoveu a entrada de Kanu no lugar de Arthur. Em escanteio, até o goleiro Serginho foi à área, aos 49 minutos. Não deu. LEC 1 a 0 e festa da torcida na volta à primeira divisão.
Na outra partida de hoje pela semifinal, em Maringá, o Grêmio Metropolitano está vencendo o Toledo por 2 a 0.
O Londrina aguarda a definição neste duelo para saber quem será seu adversário na decisão do título da Divisão de Acesso.
"Meu Deus é fiel, meu Cristo é fiel...a alegria chegou na hora certa", disse Sílvio, autor do gol da vitória. "Antes do campeonato, tive outras propostas, até melhores que a do Londrina, mas em oração Deus me apontou o caminho e estou feliz por estar aqui", comemorou o volante.
"Acho que ninguém mais do que eu queria este time de volta à primeira divisão", declarou o meia Silvinho, muito emocionado.

Texto: Londrix – Foto: Roberto Custódio (Jornal de Londrina)
Programa Cidade Noticias (12:00 as 13:00 hrs)  - Radio Cidade Fm – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário