quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Bruno Senna será piloto ate final da F1


A Renault-Lotus confirmou a entrada de Bruno Senna no lugar de Nick Heidfeld no próximo fim de semana, quando será disputado o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps. A equipe anglo-francesa divulgou um comunicado nesta quarta-feira confimando a notícia divulgada na noite de segunda-feira por Eddie Jordan, ex-dono de equipe e atual comentarista da rede de TV britânica BBC. O brasileiro fica na vaga até o fim da temporada 2011, ao lado do russo Vitaly Petrov.
A equipe afirmou que dará mais detalhes da decisão na manhã de quinta-feira. Em seu site oficial, a Renault-Lotus confirmou a informação no perfil oficial de Bruno Senna, prontamente alterado após o anúncio. Segundo a página, o brasileiro fica como titular até o fim da atual temporada.
A entrada de Bruno Senna como titular foi ajudada pela parceria formada entre a Genii Capital, dona da Renault-Lotus, e a brasileira WWI, anunciada no início de agosto. Juntas, elas têm um portfólio de investimentos na ordem de US$ 10 bilhões nos setores automobilístico, imobiliário, energético e de telecomunicações. Gerard López, dono do time de Fórmula 1 e presidente da empresa, esteve no Brasil em julho. Além disso, a montadora francesa que dá nome ao time tem um grande interesse em aumentar sua participação no mercado brasileiro.
Nas últimas semanas, a cúpula da Renault-Lotus tornou público seu descontentamento com o fraco desempenho de Nick Heidfeld, que no início do ano foi escolhido para substituir o polonês Robert Kubica, afastado das pistas devido a um sério acidente numa prova de rali. Além de não corresponder à expectativa do staff técnico no desenvolvimento do carro, o alemão de 34 anos tem sido batido constantemente nos treinos classificatórios pelo seu companheiro, o russo Vitaly Petrov.

Texto: Globo Esporte – Foto: Globo Esporte
Programa Intervalo no Esporte (18:00 as 19:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário