quarta-feira, 12 de junho de 2024

Duas pessoas ficaram feridas em um acidente na BR-373 em Imbituva

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: INTERVALO DA NOTICIAS – Imagem: PRF 
Segundo a PRF, o acidente aconteceu na região do Mato Branco em Imbituva na BR-373 na noite desta terça (11).
O acidente aconteceu no Km 230,5 da rodovia sendo uma colisão frontal entre um I/Suzuki G Vitara placa de Marmeleiro e um Ford/KA placa de Imbituva.
Continua depois da publicidade
O I/Suzuki seguia no sentido de Imbituva a Ponta Grossa, onde colidiu com Ford/KA que seguia no sentido contrário.
Duas vítimas sofreram lesões moderadas atendidas no local pela concessionária e  encaminhadas ao pronto atendimento em Imbituva.
Foi realizado o teste de bafômetro nos condutores com resultado negativo.

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP. 

GRUPO 2 - CLIQUE AQUI.

GRUPO 1 - CLIQUE AQUI.

GRUPO 4 - CLIQUE AQUI.

GRUPO - CLIQUE AQUI

GRUPO 3 : CLIQUE AQUI.

GRUPO 5: CLIQUE AQUI

GRUPO 6: CLIQUE AQUI.

CURTA AQUI NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.

FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Câmara aprova "taxa da blusinha" e manda cobrança para a sanção de Lula

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: CORREIO BRAZILIENSE Imagem: Mário Agra/Câmara dos Deputados
O projeto de lei que regulamenta o Programa Mobilidade Verde e Inovação (Mover), que cria uma série de incentivos ao setor automotivo para a transição energética foi aprovado, nesta terça-feira (11/6), pela Câmara dos Deputados e agora vai para sanção do Palácio do Planalto. Junto ao programa, foi incluído o jabuti da “taxa da blusinha”, que institui o Imposto de Importação federal de 20% para as compras no exterior por entrega via postal de até US$ 50.
A votação só foi pautada depois de um acordo entre o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), defensor da medida com os líderes partidários. O programa, que já tinha sido aprovado pela Casa, mas depois de modificado no Senado, voltou para ser analisado pela Câmara.
Continua depois da publicidade
Apesar de um requerimento pela retirada de pauta do Mover, a decisão do plenário foi prosseguir com a apreciação do projeto, que foi aprovado por um placar de 380 a favor e 26 contrários.
O programa aponta que as empresas que investirem no desenvolvimento e produção de tecnologias sustentáveis para a indústria automotiva poderão receber créditos financeiros. Assim as empresas do setor automobilístico que produzem no Brasil poderão obter créditos para o abatimento de tributos federais. O Mover prevê um incentivo de R$ 3,5 bilhões para este ano, crescendo até 2028 quando chega a R$ 4,1 bilhões.
O deputado Átila Lira (PP-PI), relator do projeto, apresentou o voto favorável a quase todas as alterações realizadas no Senado, indicando apenas pela rejeição da exigência de conteúdo local.
“A matéria que a Câmara dos Deputados e o Senado Federal aprova é de extrema relevância por meio do programa Mover e pelo fim da isenção de pequenas compras por remessa postal. Teremos incentivo para a produção nacional e para o desenvolvimento tecnológico e ambiental com reflexo na geração de emprego e renda no país”, disse o relator.
Continua depois da publicidade
Como fica a taxação?

A taxa da blusinha altera um decreto-lei sobre a tributação simplificada em remessas postais internacionais e traz uma nova tabela de cobrança progressiva:
- De US$ 0 a US$ 50, a alíquota será de 20%
- De US$ 50,01 a US$ 3 mil, a alíquota será de 60%

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP. 

GRUPO 2 - CLIQUE AQUI.

GRUPO 1 - CLIQUE AQUI.

GRUPO 4 - CLIQUE AQUI.

GRUPO - CLIQUE AQUI

GRUPO 3 : CLIQUE AQUI.

GRUPO 5: CLIQUE AQUI

GRUPO 6: CLIQUE AQUI.

CURTA AQUI NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.

FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE