segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Chuvas fazem moradores deixarem casas no Paraná, diz Defesa Civil



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RPC TV Imagem: Tony Mattoso (RPC TV)


Segundo a Defesa Civil do Paraná, 44.668 pessoas foram atingidas pelas chuvas desta segunda-feira (22) em sete municípios do estado. O balanço foi divulgado às 18h e aponta danos na seguintes cidades: Curitiba, Almirante Tamandaré, Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Colombo e Tunas do Paraná – na região da capital -, além de Cianorte, noroeste do estado.
Conforme o boletim, 50 pessoas foram desalojadas, ou seja, tiveram de deixar as respectivas casas, mas não necessitaram de abrigo cedido pelo Poder Público – indo para casas de amigos ou parentes. Elas seguiam fora de casa até a publicação desta reportagem. Destas, 30 são de Rio Branco do Sul, e 20 de Almirante Tamandaré.
Outras 13 foram desabrigadas e encaminhadas para abrigos do governo, todas elas do município de Rio Branco do Sul. A cidade com mais atingidos foi Curitiba, com 41,7 mil. Na capital, dez mil pessoas chegaram a ficar sem luz durante o dia.
Apesar de não constarem no boletim da Defesa Civil, duas famílias foram  desabrigadas em Cianorte, no noroeste do estado, segundo os bombeiros. No total, 100 pessoas foram afetadas pela chuva na cidade. De acordo com o Instituto Meteorológico Simepar, em 15 horas choveu 133,4 mm no município, a metade do previsto para a média do mês que é de 204 mm.  De acordo com o Corpo de Bombeiros, no conjunto habitacional Pedro Moreira a água chegou a 40 cm de altura em algumas casas.
Rodovias
Ainda segundo a Defesa Civil, a PR-092 precisou ser interditada entre os kms 23 e 26, entre os municípios de Almirante Tamandaré e Rio Branco do Sul, por conta de alagamento na pista. Já na PR-082, entre Quinta do Sol e Fênix, no km 178, um desmoronamento deixou o tráfego em meia pista. O km 186 da mesma rodovia foi totalmente interditado.
A PR-457, entre Itambé e São Pedro do Ivaí, no centro-oeste do estado, também foi interditada porque o Ribeirão Marisa, que corta a rodovia, transbordou e alagou a pista. Já na rodovia PR-323, em Doutor Camargo, a água do Rio Ivaí começou a subir e na metade da tarde a água estava sobre a pista. Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o trecho localizado no km 188 não foi interditado, mas a polícia pede aos motoristas que tomem cuidado ao passar pela região.
A chuva também causou transtornos para os moradores de Godoy Moreira e São João do Ivaí, no norte do estado.  A água invadiu a ponte da rodovia PR-650 interditando a estrada municipal de Godoy Moreira. A rodovia municipal Santo Fabris, que dá acesso ao distrito de Ubaúna, também está interditada porque muitas pedras e lama se espalharam pela pista. Segundo a Polícia Militar (PM), os moradores estão ilhados.


OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário