segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Mãe que divulgou vídeo que estaria estrangulando seu filho de 03 anos se apresenta para Policia



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: BEM PARANÁ Imagem: Divulgação


A mãe que estrangula a criança em vídeo que viralizou na internet já está na Delegacia do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria). T.C.C, de apenas 21 anos, a irmã, o avô da criança e a tia da criança, acompanhados do advogado, foram espontaneamente à delegacia. A mãe teria dito que foi uma "brincadeira". Familiares e amigos da mãe estão no local. O pai e a avó paterna devem chegar a qualquer momento na delegacia. A criança tem 3 anos.
Neste momento, a mãe é ouvida pela delegada Lucy Santiago, e por psicólogos do Núcleo. Representantes do Conselho Tutelar também já estão no local e trabalham para definir com quem ficará a guarda da criança, que está sob os cuidados de psicólogos na delegacia também. 
Nos vídeos que circulam pelas redes sociais, principalmente WhatsApp, a mulher sufoca a criança, que passa mal. O pai fez Boletim de Ocorrência (BO), o caso seguiu para o Nucria por se tratar de violência contra a criança.  
Agressões teriam começado há duas semanas
Segundo o pai do menino, as agressões contra a criança seriam chantagens para que o casal reatasse o relacionamento, que terminou há cerca de um mês. P. B. M., de 22 anos, revelou ainda que esta não teria sido a primeira vez que a mulher agride a criança para chantageá-lo. O homem afirma ter começado a receber os vídeos há cerca de 15 dias, quando registrou o primeiro Boletim de Ocorrência. Ele então teria entrado em contato com a família da ex, que concordou em deixar a criança com o pai e ainda prometeu internar T.C.C.
No sábado (26 de dezembro), porém, a mulher aabou sequestrando o próprio filho, que estava com o pai na. Ainda de acordo com o relato de P. B. M., a mulher teria chego ao local com um presente para dar à criança. Ele então disse que a mulher não iria levar o menino. Foi quando um homem desceu armado do carro, Logo após o sequestro foi registrado o 2º B.O., euqnato a mãe continuava enviando mensagens com ameaças.
“Ela usa a criança para fazer chantagem, me manda mensagem dizendo que, se eu não voltar, ia matar o menino, ia me matar e até minha família”, relatou P.B.M.
Ainda não há, no entanto, informações concretas sobre a prisão de T.C.C. Segundo a delegada Lucy Santiago, do Nucria, não serão divulgadas informaçõe sobre o caso, "principalmente porque envolve uma criança”.
Defesa alega que vídeo seria montagem

De acordo com o advogado de T.C.C., Cleyson Landucci, o vídeo em que a mulher aparece estrangulando o filho seria uma montagem feita com intenção de prejudicar sua cliente. “No segundo vídeo, aquela mão não é dela, não sabemos quem é, mas foi feito uma montagem para denegrir a imagem dela. Também ninguém foi armado lá pegar o menino, isso é irreal”, argumentou.
Segundo Landucci, a mulher teria pego a criança no sábado após saber que o pai estava com a criança em uma festa e teria bebido. Ele ainda acusou o pai do menino de já ter agredido a mãe da criança em pelo menos quatro ocasiões e relatou que a mulher teria recebido ameaças de morte após o caso viralizar na internet.
A delegada Lucy Santiago, no entanto, já adiantou que as imagens são contundentes para as investigações sobre o crime de tortura. Segundo ela, todos os envolvidos, inclusive a criança, estão sendo ouvidos. 


OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário