segunda-feira, 30 de maio de 2016

FHC cancela palestra em Nova York após ser chamado de golpista



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: ZERO HORA Imagem: Divulgação


Após protestos de intelectuais, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso cancelou sua participação em uma palestra neste sábado em Nova York sobre a democracia na América Latina. As informações são do jornal O Globo.
O evento foi organizado pela Associação de Estudos Latino-Americanos (LASA) em homenagem aos 50 anos da entidade. FHC dividiria um painel de debate com o ex-presidente do Chile Ricardo Lagos.
"Eu peço que vocês entendam que a essa altura da minha vida, aos 85 anos, eu não desejo dar pretexto para mentes radicais, dirigidas por paixões partidárias, me usarem em uma luta imaginária `contra o golpe, um golpe que nunca existiu", escreveu o ex-presidente.
A polêmica em torno do convite a FHC começou no fim de abril. Um grupo de membros da LASA, entre intelectuais brasileiros e estrangeiros, encaminhou à entidade uma petição defendendo ser inapropriado o tucano participar do painel no momento em que o partido dele, o PSDB, é apontado como um dos colaboradores de um golpe no Brasil pelos partidos que apoiam a presidente afastada Dilma Rousseff.
Assinam a petição 196 nomes ligados a universidades do Brasil e do Exterior. Entre eles, Mariana Kalil (UNB), Maria Helena Pereira Toledo Machado (USP), Sérgio Delgado (Harvard), Lisa North (York University), Maria Luisa Mendonça (UFRJ), Nora Nigels (Université du Québec) e Flávia Ribeiro Veras (FGV). O comunicado sobre a desistência de FHC foi encaminhado pela LASA a seus membros por e-mail na quarta-feira passada.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário