sexta-feira, 25 de novembro de 2011

CURSO DE DIREITO DA UNIOESTE DE BELTRÃO TÁ ENTRE OS MELHORES DO BRASIL


Depois da conquista do curso de Medicina, o campus da Unioeste de Francisco Beltrão teve mais uma boa notícia esta semana. O curso de Direito do município está entre os melhores do Brasil. Apenas cinco universidades estaduais do Paraná receberam o Selo OAB Recomenda, criado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil para indicar as melhores graduações da área no país. O selo foi atribuído a 90 cursos de Direito, de um total de 1.219 existentes no país. Fazem parte da lista os cursos das universidades estaduais de Londrina (UEL), de Maringá (UEM), de Ponta Grossa (UEPG), do Oeste do Paraná (Unioeste – campus de Francisco Beltrão) e da Faculdade de Direito do Norte Pioneiro, em Jacarezinho, integrante da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP).  Os 90 cursos recomendados pela OAB correspondem a apenas 7,4% dos ofertados no país. Para elaborar a lista, a OAB analisou 791 cursos de Direito e fez uma média ponderada das notas obtidas pelos estudantes das instituições nos três últimos Exames de Ordem e da pontuação alcançada no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) de 2009. O diretor do campus, professor José Maria Ramos, disse que a tônica da direção nos últimos anos foi trabalhar focando na qualidade, oferecendo condições para que os cursos possam desenvolver o ensino, pesquisa e extensão. “O resultado é muito satisfatório e as avaliações externas como esta da OAB comprovam isso.” Andréa Regina de Morais Benedetti, a coordenadora do curso de Direito, disse que a notícia da recomendação do curso — o único na Unioeste a ser recomendado — foi recebida com alegria pelo corpo docente, embora não seja necessariamente uma surpresa. Isto vem coroar um trabalho que vem sendo executado desde a primeira turma, em 2003. Andréa acredita que a qualidade do curso é alcançada através da soma de fatores como a rigorosa seleção realizada no vestibular da Unioeste, trazendo para o curso os candidatos mais preparados; o número reduzido de vagas (40 por ano), o que faz com que se tenha um ambiente propício ao aprendizado, debate de ideias e acompanhamento do rendimento do aluno; o projeto político pedagógico de Direito com maior número de horas no Paraná, o que permite dar maior amplitude a temas diversos no Direito; os professores possuem horas de pesquisa e extensão, de modo que atuam envolvendo os alunos nestas atividades, complementando o ensino; os professores possuem para cada hora em sala de aula, uma hora externa de apoio didático, para preparar suas atividades docentes. “Os nossos alunos da universidade, de modo geral, são comprometidos, conscientes e estudiosos. Isto se evidencia no Enade. Sequer cogitaram o famoso boicote — quando os alunos em massa não comparecem ao exame. Os acadêmicos tiveram noção do legado que deixariam para os colegas e a alta nota obtida no Enade influenciou positivamente o ranking OAB Recomenda”, compreende.
By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Niomar Pereira (Jornal de Beltrão) Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário