terça-feira, 26 de novembro de 2019

Secretaria de Saúde registra nova suspeita de sarampo em Irati


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RADIO NAJUA Imagem: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde de Irati identificou hoje, 26, mais um caso suspeito de sarampo no município. Trata-se de um menino de 04 anos que viajou para o litoral do estado e passou por Curitiba no início de novembro.
A criança esteve no Centro Avançado de Diagnóstico em Imagem (CADI) no sábado, dia 23, entre 10 e 11 horas, no Mariano Atacadista da Avenida Vicente Machado entre 15 e 17 horas, e ontem, dia 25, na nova agência do Banco Bradesco na Munhoz da Rocha entre 10 h e 11h30min e no Pronto Atendimento Municipal entre 14 e 18 horas.
Continua depois da publicidade

Pessoas que passaram por estes locais nos dias e horários citados devem procurar a sala de vacinação mais próxima de suas casas até amanhã, dia 27, munidas de RG, cartão do SUS e Carteirinha de Vacinação para verificação do esquema vacinal. Se for necessário, será feita a aplicação de uma dose de bloqueio da vacina contra o sarampo.
O caso
O garoto começou a começou a apresentar febre alta, tosse, conjuntivite e coriza no sábado, 23. Os sintomas pioraram na noite de ontem, quando começaram a surgir manchas avermelhadas no corpo dele. Assim que perceberam os sintomas, os pais procuraram o Pronto Atendimento Municipal. Como não houve melhora no quadro clínico do filho, eles procuraram atendimento médico novamente na manhã desta terça-feira. Foram feitos exames, cujos laudos devem ser divulgados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) em até 30 dias.
Continua depois da publicidade
Outros casos
Irati tem três casos confirmados de sarampo. O primeiro deles foi divulgado no dia 29 de outubro. Na ocasião, Denise Homiak Fernandes, enfermeira-chefe do setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, informou que o paciente, de 33 anos, esteve em Curitiba, onde entrou em contato com uma pessoa infectada pelo vírus cerca de dez dias antes de começar a apresentar os sintomas. No entanto, não foi possível realizar o bloqueio com a vacinação até 72 horas depois do contato, pois o paciente não havia sido imunizado e já apresentava os sintomas quando procurou atendimento médico.
Os outros dois pacientes com diagnóstico de sarampo têm 27 e 39 anos de idade. Entre os casos suspeitos, está o de um bebê de apenas 07 meses. Outras duas estudantes de 21 e 23 anos que fazem faculdade em União da Vitória também apresentaram os sintomas da doença.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário