quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Em primeira visita ao Paraná, Bolsonaro empossa novo diretor-geral de Itaipu Binacional

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: PARANA PORTAL Imagem: Alan Santos

Jair Bolsonaro (PSL) participou hoje (26), em Foz do Iguaçu, da posse do novo diretor-geral de Itaipu Binacional. Dando início ao plano de confiar empresas estatais ou estratégicas a militares, o presidente empossou o general Joaquim Silva e Luna, ex-ministro da Defesa do governo Michel Temer.
O vice-almirante Anatalício Risden Júnior também foi empossado como novo diretor financeiro executivo. Bolsonaro também participou durante a manhã de uma reunião com o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez. Um almoço marca o encerramento dos eventos oficiais.
Bolsonaro foi recebido por uma comitiva paranaense, liderada pelo governador em exercício.
Continua depois da publicidade 
Darci Piana aproveitou o breve encontro para discutir com o presidente assuntos de interesse para o estado. A prioridade, segundo ele, é avançar nas negociações para a construção do corredor bioceânico, que liga o Paraná à costa do Chile.
Darci Piana permanece à frente do governo estadual até que Ratinho Junior (PSD) retorne dos Estados Unidos. O governador se reúne com startups e empresários no Vale do Silício. A agenda oficial termina no dia 02, mas Ratinho permanecerá nos Estados Unidos até o dia 11 para compromissos particulares.
“A bioceânica que liga o Porto de Paranaguá com o Chile é um dos assuntos que estão nas pautas de discussões. Nas próximas semanas, o Paraná leva sua proposta ao governo do Paraguai. Depois temos que conversar com Argentina e Chile e tudo isso está na pauta do governo federal. Evidentemente por lá que vai se passar as autorizações e os acordos internacionais”, comentou Piana.
O governador também discutiu a construção de uma nova ponte na fronteira do Brasil com o Paraguai. Ele diz estar satisfeito com a atenção que o Paraná recebeu nos primeiro 50 dias de governo.
Sobre a posse do general Luna e Silva, o governador afirma que o militar tem o perfil para trabalhar com a seriedade e tranquilidade necessária:
“Pode até não ser especificamente da área de energia, mas tem conhecimento amplo. Até porque há o interesse de defesa nacional e a energia é um dos itens primordiais para o país.
Continua depois da publicidade 
Óbvio que o governo do Estado preocupado e esperamos manter o relacionamento que temos com a Itaipu”, completou.
Darci Piana também falou sobre a expectativa de que a nova diretoria-geral de Itaipu mude alguns direcionamentos da Copel, permitindo que a companhia invista mais no próprio estado. O objetivo é beneficiar, sobretudo, o agronegócio e as cooperativas paranaenses:
“Não é justo que a Copel faça investimentos fora do estado e deixe a nossa casa sem o amparo necessário. As mudanças de direcionamento da Copel fazem parte desse contexto junto com a Itaipu de melhorar o nosso setor elétrico do Paraná para que o setor produtivo possa ter o suporte necessário para ajudar nossas empresas e nossos produtores do agronegócio. Itaipu é muito importante para o estado e a gente procura e vai manter o mesmo relacionamento que sempre tivemos e quem sabe melhorar ainda mais”, finalizou Piana.


OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário