quinta-feira, 11 de maio de 2017

STJD julgará novamente o Paranaense nesta quinta e título do Coxa pode não valer



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: TRIBUNA DO PARANÁ Imagem: Pedro Serápio

No último domingo (7) o Coritiba empatou em 0x0 com o Atlético no Couto Pereira e conquistou o Campeonato Paranaense de 2017. No entanto, o título pode a partir da quinta-feira (11) ser, simplesmente, cancelado. Neste dia, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julga as medidas de Paraná Clube e Cascavel contra a Federação Paranaense de Futebol (FPF), que podem fazer o Estadual ter toda a segunda fase cancelada, sendo disputado novamente.
Os clubes argumentam que o regulamento do torneio não foi seguido e pedem a mudança de chaveamento das quartas de final. Caso tenham os pedidos acatados, todas as partidas a partir das quartas de final teriam de ser refeitas de acordo com o novo cruzamento. O que foi jogado no mata-mata até agora não valeria nada.
Por causa disso, a FPF ainda não homologou o título do Coxa, nem o rebaixamento de J. Malucelli ou Toledo. Por precaução, a entidade espera o julgamento do STJD. O Tricolor, por sua vez, demonstra confiança em uma virada jurídica. “O Paraná está confiante de que seus direitos serão reconhecidos”, assegura a advogado do clube, Alessandro Kishino.
Apelo ao Ministério do Esporte
Além de impetrar medida no STJD, o Cascavel fará uma reclamação formal ao Ministério do Esporte, nesta quarta-feira (10), contra o próprio Tribunal situado no Rio de Janeiro.
“Vamos a Brasília numa audiência pública no Ministério do Esporte para que tenhamos uma punição ao STJD”, explicou o presidente do clube, Valdinei Silva. “O STJD estragou o campeonato, estragou com tudo. Nós queremos que este Tribunal seja punido, para que isso não aconteça mais. Nem temos esperança de que o STJD reverta a decisão”, complementou.
MATÉRIAS RELACIONADAS: 
 
 
 
OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário