quinta-feira, 21 de junho de 2018

Criminoso invade igreja e furta recipientes com hóstias consagradas


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: JORNAL EXTRA Imagem: Divulgação

As delegacias do Rio já registraram 60.746 mil furtos nos cinco primeiros meses deste ano, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP). Casos de pessoas que tiveram celular, veículo e até a bicicleta levados por criminosos se tornaram "comuns". Na tarde de terça-feira, uma ocorrência de furto registrada na 28ª DP (Ricardo de Albuquerque), no entanto, causou consternação e tristeza de moradores da Praça Seca, na Zona Oeste do Rio. Um criminoso entrou na Paróquia de Nossa Senhora do Sagrado Coração, forçou a porta da "capela do Santíssimo" e levou dois recipientes banhados a ouro repletos de hóstias consagradas.
Continua depois da publicidade
O criminoso aproveitou o momento em que a igreja estava vazia no início da tarde de terça-feira para agir. Ele entrou no templo, arrombou a porta da capela e levou as duas âmbulas, onde são guardadas as hóstias abençoadas pelo padre, segundo Luiz Antônio, funcionário da paróquia.
— Ontem (terça-feira) por volta das 13h30 a igreja estava aberta, como sempre fica. Quando percebemos que as hostias haviam sido levadas acionamos a 28ª DP — contou.
Segundo Antônio, a situação causou "consternação e profunda tristeza" nos fiéis da comunidade. A Paróqua mantêm uma página nas redes sociais, onde foi relatado o caso em uma publicação: "O medo bate a porta e a Fé responde: Aqui você não entra".
— Os fiéis ficaram muito consternados porque para nós (católicos), a Eucaristia é o momento mais sagrado da Igreja. Ficamos abalados, mas é um momento para a Paróquia reafirmar a sua fé, sua esperança. Não responderemos violência com violência. É uma situação difícil, mas vamos tratar com um olhar piedoso, de misericórdia. Diante disso, queremos apenas que Deus olhe por essa pessoa, que o converta em uma pesoa melhor — contou Luiz Antônio.
Continua depois da publicidade
Na publicação, os responsáveis pela igreja dizem que o pároco padre Rafael Lima e o vigário padre Eliezer Felício, estão tomando as providências.
"Nosso pároco Rafael Lima pede a vocês paroquianos: "que aguardem e estejamos unidos como paroquianos e Povo de Deus em oração por esse triste ocorrido".
A Polícia Militar não chegou a ser acionada. De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado na 28ª DP (Praça Seca). As investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias e a autoria do crime.


OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário