quinta-feira, 21 de junho de 2018

Confira os finalistas no Atletismo dos 65º Jogos Escolares em Prudentópolis


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: SEET-PR Imagem: Ana Reimann (SEET-PR)

Considerado um dos esportes mais antigos do mundo e geralmente centro das atenções nos Jogos Olímpicos, o atletismo também se destaca nos Jogos Escolares do Paraná. O professor Pedro Felipe Schineman, coordenador da modalidade nas disputas realizadas em Prudentópolis, afirma que o esporte leva às crianças o aprendizado para a vida: “Aproveitamos principalmente a fase macrorregional dos jogos para incentivar as crianças a praticarem o atletismo, por isso a forma de treinar é bem didática. A ideia é fazer com que elas se aproximem do esporte, se envolvam e, então, levem para frente a categoria”, explicou.
Continua depois da publicidade

Acostumados em participar dos JEPs, os alunos e professores do Colégio Estadual Antônio Xavier da Silveira, de Irati-PR, comemoraram a classificação dos atletas da equipe que competiram durante o dia de hoje. Emwerson Zaleski, um dos treinadores do grupo, disse que as conquistas são resultado do trabalho constante desenvolvido pelo colégio: “Já trabalhamos há muitos anos com foco nessas competições e quase todos os alunos que estiveram presentes nessas provas conseguiram chegar às finais, o que para nós, do interior, é gratificante. Daqui para frente é só continuar com esse foco para chegar ainda mais longe”, afirmou. 
Primeiro lugar na corrida de 100 metros, Lucas Simas, de 15 anos, foi um dos alunos do Colégio Antônio Xavier da Silveira classificados. Embora tenha iniciado sua trajetória no esporte há apenas dois anos, não é a primeira vez que ele segue para a fase final. No ano passado, foi medalha de bronze na corrida de 75 metros da categoria B (entre 12 e 14 anos) dos JEPs: “Neste ano, o desafio é maior porque passo para a categoria A e não será fácil competir com alunos mais velhos. Mas mesmo assim, estou confiante, tenho certeza de que será uma grande experiência. Para mim, o atletismo é vencer não apenas na prova mas na vida”, disse.
Continua depois da publicidade
Outro destaque do colégio de Irati é Ulysses Taborda Rosler. Também com 15 anos de idade e pouca experiência no esporte, o atleta, finalista no arremesso de peso, começou a se sobressair ainda antes de se tornar um competidor, durante as aulas de Educação Física. Começou a treinar a convite do professor e, no mesmo ano, conquistou medalha de ouro nos JEPs: “Foi surpreendente porque eu não tinha muita técnica, estava começando. Desta vez será mais difícil porque estou na categoria A, mas meu objetivo é pegar bastante experiência para, em dois anos, eu ser ouro mais uma vez. E a partir daí seguir no brasileiro”, afirmou. Vale destacar que o atleta ficou em quarto lugar no Campeonato Brasileiro da sua modalidade em 2017. 
 
OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário