quarta-feira, 29 de novembro de 2017

NOTA DE FALECIMENTO – Carlos Chociai



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RÁDIO ESPERANÇA Imagem: Divulgação


É com pesar que anunciamos o falecimento do empresário do ramo da apicultura Carlos Chociai, aos 69 anos.
Seu Carlos como era conhecido por muitos, fez Prudentópolis famoso com seu produto que ele trabalhava que era mel, com o já apareceu no Fantástico, Globo Rural e Jornal Hoje. Tanto que também o seu mel foi para a Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo.
Em breve anunciaremos onde será o velório.
Confira o texto escrito por Chico Guil na sua página no facebook:
Carlos Chociai, um homem mil anos à nossa frente. Enquanto estávamos preparando os ninhos, os caixilhos e as melgueiras, ele já estava voltando com o mel!
Pouco compreendido por alguns, Chociai nunca se deixou abalar pelas críticas e seguiu andando. Sonhou sempre alto e nunca deixou de olhar para o infinito, onde ele via as coisas que mais ninguém via.
Lembro de 2004, quando ele falou que havia sido entrevistado pelo Fantástico. Virou chacota em Prudentópolis! Porque em Prudentópolis, como em todo lugar, tem muita gente invejosa! Mas logo depois saiu no Fantástico uma formidável matéria sobre o trabalho do Carlos com as abelhas mirins. Depois saiu no Jornal Hoje, no Globo Rural e em vários outros programas de TV. Ele também mereceu uma matéria de página inteira da Gazeta do Povo, em 2005.
Carlos Chociai foi um dos maiores divulgadores do turismo em Prudentópolis. Recebia em sua casa turistas de todo o mundo e levava-os pelo quintal , de colméia em colméia de suas abelhas nativas, fazendo os visitantes experimentarem o mel de cada caixinha. E enquanto eles se deliciavam, Carlos dizia: “Mas este ainda não é o bom. Esperem pra ver… “. E contava a eles as mais incríveis histórias sobre as terras encantadas de Prudentópolis! Falava de locais fantásticos que só ele conhecia, de pessoas extraordinárias, de fatos fabulosos. Nos planos do Carlos Chociai cabia tudo, até a construção de um aeroporto supermoderno em Prudentópolis. Só não cabia o pessimismo!
Em 2010 ele telefonou pro Maurício Kubrusli chamando-o para reportar a Festa do Feijão. Kubrusli disse que não poderia, pois teria de cobrir a festa do Centenário do Corinthians. Chociai replicou que a Festa do Feijão era muito mais importante que o Centenário do Corinthians! E o Kubrusli foi a Prudentópolis, o que resultou numa das maiores reportagens já feita pela Globo no Paraná.
Duas páginas do livro de Kubrusli, intitulado “Me Leva Brasil”, são dedicadas ao Chociai.
Eu era adolescente quando Carlos Chociai me ensinou os primeiros macetes da apicultura. Levei muita picada de abelha, mas aprendi com ele que o importante era o mel, não as picadas! Quando eu tinha 16 anos Carlos me levou a um congresso de apicultura em Viçosa-MG. Na ocasião conhecemos a forca do Tiradentes, em Ouro Preto. E na volta para casa sobrevivemos a um acidente com nosso ônibus, no pé de uma serra no Rio de Janeiro.
Co-participamos de pescarias, de debates políticos acalorados e até de algumas brigas. Pois nem sempre concordamos completamente com as mesmas coisas.
Carlos casou-se com minha irmã mais velha, Regina, com quem teve três filhas.
Foi um prazer conhecê-lo, Carlos Chociai! Apesar de nossos desacertos, guardarei muitas boas lembranças!
O velório é na capela municipal com seu sepultamento as 17:00 hrs, para cemitério municipal.


OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário