quarta-feira, 27 de junho de 2012

IMBITUVA TAMBÉM VOTA PELO AUMENTO DE NÚMEROS DE VEREADORES


A população foi contrária ao aumento. De 09 agora Imbituva tem 11 Vereadores.

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Rodrigo Zub (Radio Najuá)  Imagem: RPC TV


De nada adiantou a mobilização da população nas redes sociais e a distribuição de mais de 3 mil panfletos nas ruas da cidade. Na noite de segunda-feira, 25, os vereadores de Imbituva optaram pelo aumento do número de vagas a partir da próxima legislatura. O projeto que altera de nove para 11 cadeiras no legislativo imbituvense foi aprovado em segunda votação por sete votos a um. Rubinho Pontarolo, filho do prefeito Zezo Pontarolo, foi o único vereador que votou contrário ao aumento. Moradores, professores, presidentes de Sindicatos e representantes de associações de moradores acompanharam a reunião. Este grupo formou um movimento contra o aumento de vagas. No entanto, isso não foi o suficiente para sensibilizar os vereadores que optaram por mais duas cadeiras na Câmara de Imbituva. 
Representatividade
Em conversa com a equipe da Najuá, o vereador Geraldo Nadal Rocha (PT), disse que a alteração do número de vagas é necessária para aumentar a representatividade dos bairros e localidades mais afastadas. Rocha também utiliza como argumento o fato que a Câmara de Imbituva possuía 11 vagas até 2004, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) expediu a Resolução 21.702/04, para que o número de vereadores fosse diminuído em todas as casas legislativas do País. “Votamos pelo retorno das 11 vagas. A representatividade é fundamental nos dias de hoje. Porque nós temos a transparência que é fundamental em tudo que iremos fazer. Com nove vereadores nós não tivemos mulheres nos representando. Também tivemos apenas um vereador do interior. Imbituva é um município bastante grande e necessita contemplar mais localidades”, analisa Rocha. Porém, é importante salientar que o aumento de vagas por si só não garante a participação de segmentos menos representados como, por exemplo, comunidades pequenas do interior ou de representantes de associações, específicos. Outro fator que não é visto com bons olhos pela população é o aumento do orçamento das câmaras por meio da inclusão de mais vereadores e funcionários para suprir essa demanda.  
Gastos
Hoje o salário de um vereador em Imbituva é de R$ 4.100, enquanto que um assessor recebe mensalmente R$ 980. Com duas cadeiras a mais, as despesas podem aumentar mais de R$ 120 mil. Mesmo assim, Rocha defende que a Câmara de Imbituva gasta menos do que o previsto na Emenda Constitucional – EC 58, que determina o limite de até 7% do orçamento municipal. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário