quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Rir é melhor remedio


Funeral
Saindo do supermercado, um homem observa uma inusitada procissão de funeral. Eram dois caixões pretos, um atrás do outro. Em seguida, um homem sozinho levando um dobermann na coleira. Finalmente, atrás dele, uma longa fila indiana só de homens.
Não contendo a curiosidade, ele se aproxima delicadamente do homem com o cachorro e diz, baixinho:
- Meus sentimentos por sua perda.. Sei que o momento não é apropriado, mas nunca vi um enterro assim! O senhor poderia me dizer quem faleceu?
- Bem... No primeiro caixão está a minha esposa.
- Puxa! Sinto muitíssimo! O que aconteceu com ela?
- Meu cachorro... Ele a atacou...
- Nossa, que tragédia! E o segundo caixão?
- Esta é minha sogra... Ela tentou salvar a filha...
Fez-se um silêncio consternado. Os dois olham-se nos olhos.
- Me empresta o cachorro?
- Entra na fila!
Texto e foto: Triboladas
Programa Intervalo no Esporte (18:00 as 19:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário