sábado, 24 de março de 2012

VANDERLEI LUXEMBURGO É CONDENADO A 1 ANO E MEIO DE PRISÃO

O técnico Vanderlei Luxemburgo foi condenado a 1 ano e meio de prisão, revertido para pagamento de 100 salários mínimos e prestação de serviços à comunidade, por transferência fraudulenta de domicílio eleitoral, pela 29ª vara do Tribunal Regional Eleitoral de Palmas, no Tocantins. Porém, seus advogados acreditam na anulação da pena, e dizem que o treinador sequer foi intimado. Marcelo Peixoto e Guilherme Colen defendem o atual técnico do Grêmio neste caso. Marcelo atendeu a reportagem do UOL Esporte na manhã deste sábado e revelou que o treinador ou sua defesa não foram chamados para se manifestar. "Ele não foi oficialmente intimado. Mesmo sem conhecer o teor da decisão, estamos convicto que ela será reformada e que no final virá à tona a verdade sem interesses políticos. Apesar de respeitá-la, ela não relatou o que estava no processo", disse o advogado. Luxemburgo tentava trocar seu domicílio eleitoral para Palmas a fim de concorrer a cargo eletivo no futuro. No entanto, um dos documentos entregues por ele para isso foi considerado falso. Além das penas já citadas, ele ficaria 8 anos inelegível.

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Marinho Saldanha (Uol Esporte) Imagem: Uol Esporte
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário