terça-feira, 27 de março de 2012

SENADO COMEÇA MOVIMENTAR CPI CONTRA ECAD

Sandra Véspoli trabalhou no Ecad e contou no livro sua experiência na entidade. À CPI do Senado, Sandra disse que falta fiscalização das ações do Ecad no que se refere à arrecadação de direitos autorais. A tentativa de se cobrar de blogues que faziam referência a vídeos do Youtube, como lembrou a senadora Lídice da Matta, do PSB da Bahia, foi mais um exemplo de abuso do Ecad, destacou Sandra. Recentemente o ecad quis cobrar de blogues taxas exorbitantes. O que a sra. acha disso? Exorbitante sempre foi. Há dez anos cobrava por uma quermesse. Marcello Nascimento, representante do Escritório Central de Arredadação e Distribuição em São Paulo atribuiu a um erro de interpretação a cobrança dos blogues. Não era a intenção. Foi um erro de interpretação essa coisa de cobrar dos blogues. Se pensou que era pessoa jurídica. Mas um dos blogueiros que foi cobrado pelo Ecad esteve na audiência pública e disse que até o momento não foi comunicado sobre o cancelamento da cobrança. A autora do livro "Do Outro Lado do Ecad" também pediu equilíbrio na distribuição dos recursos para assegurar que pessoas que contribuíram para a música popular brasileira não sejam esquecidas. O presidente do Sindicato de Compositores de São Paulo, Carlos Mendes, reclamou que ninguém sabe como se dá essa distribuição. Ele pediu mais transparência.
Audio: Bruno Lourenço (Radio Sendo)


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Bruno Lourenço (Radio Sendo) – Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário