domingo, 23 de fevereiro de 2014

Tio e sobrinho são mortos com tiros de pistola em suposta rixa entre bairros em São José



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Elizangela Jubanski (Rádio Banda B) Imagem: Roberto Romanowski (Rádio Banda B)


Tio e sobrinho foram assassinados na tarde deste sábado (22). Os corpos das vítimas foram encontrados no bairro Rio Pequeno, em São José dos Pinhais, na região metropolitana. O duplo homicídio não teve testemunhas, no entanto a polícia suspeita que uma rixa antiga entre duas regiões do município. A família se desesperou ao ver os dois mortos.
O jovem Emerson da Silva, 20 anos, e o tio Edimilson da Silva, 38, foram mortos com tiros de pistola ponto 40 e encontrados na rua Joaquim Alves Fonte esquina com a rua Pedro Malaski. Eles foram deixados em uma estrada rural da cidade e moradores acionaram a Polícia Militar (PM). A família foi até o local e ficou desesperada. Eles contaram à polícia que o suposto autor do crime é conhecido e seria um homem com o apelido de ‘Tiagão’.
A PM contou à Banda B que a família Silva mora no condomínio Serra do Mar, no bairro Riacho Doce, região que possui uma rixa antiga com os moradores do Jardim Itália, local onde o suposto autor mora. Os corpos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a Delegacia de São José dos Pinhais investiga o crime.
Também na tarde de hoje, um homem sem identificação oficial foi assassinado no bairro Uberaba, em Curitiba. Ele foi morto a tiros na rua Atílio Pioto, às margens da BR-277, às 14 horas quando auxiliava um técnico em uma loja de som. O atirador surpreendeu a vítima e disparou quatro tiros na cabeça. Ele fugiu por uma passarela a pé. Testemunhas disseram que o suspeito é alto e magro.
A Guarda Municipal esteve no local, mas vizinhos e outras pessoas não conheciam a vítima, nem souberam informar se ele morava na região.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário