quarta-feira, 30 de maio de 2018

PF abre inquérito para investigar a suspeita de locaute na greve dos caminhoneiros em Ponta Grossa


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RPC Imagem: Divulgação


A Polícia Federal (PF) abriu um inquérito para investigar a suspeita de "locaute" em meio à greve dos caminhoneiros em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná.
Locaute (termo originado a partir da palavra em inglês lock out) é o que acontece quando os patrões de um determinado setor se recusam a ceder aos trabalhadores os instrumentos para que eles desenvolvam seu trabalho, impedindo-os de exercer a atividade. Em todo o país, já foram abertos 48 inquéritos para investigar a prática criminosa. 
Continua depois da publicidade
O procedimento foi instaurado a partir de informações repassadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de supostas organizações e determinações de empresas para que houvesse paralisação dos funcionários.
Até esta terça-feira (29), quatro pessoas tinham sido interrogadas. A investigação corre em sigilo.
A paralisação completa nove dias nesta terça com reflexos em vários setores e com uma melhora com relação ao abastecimento de combustíveis e alguns serviços.
Um acordo fechado entre o Governo do Paraná e representantes de caminhoneiros definiu a liberação imediata de caminhões com todos os tipos de combustíveis e gás de cozinha em pontos de protesto em rodovias no estado. 

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário