quarta-feira, 12 de abril de 2017

Casal é preso suspeito de manter crianças em cárcere privado em Imbituva, diz polícia



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RPC Imagem: Conselho Tutelar


Um casal foi preso por suspeita de manter duas crianças em cárcere privado. Policiais civis de Imbituba, na região central do Paraná, descobriram o local na terça-feira (11). A situação já tinha sido denunciada havia cinco anos, informou a polícia, que diz estar acompanhando o caso há ao menos dois anos.
Segundo os investigadores, os dois meninos, de nove e 11 anos, eram obrigados a ficar trancados em uma edícula separada da casa onde vivem com o pai e a madrasta. O local, com grades na janela, não tem lâmpadas e por isso as crianças ficam no escuro à noite.
Além disso, o botão que regula a temperatura do chuveiro era colado para que eles não pudessem tomar banho quente. 
Os dois também eram obrigados a lavar a própria roupa e limpar o espaço.
Apesar de não terem marcas de agressão, os meninos disseram à polícia que apanhavam caso desobedecessem ou tirassem notas baixas na escola.
O mandado de prisão contra o casal foi expedido pela Justiça na terça. E, se confirmada a situação de cárcere privado, ambos podem ser condenados a uma pena de três a oito anos de prisão.
“As crianças só foram tiradas desta situação de violência em que se encontravam em decorrência de o Conselho Tutelar ter recebido denúncia. É importante que a sociedade fique alerta e, quando tomar conhecimento de situação suspeita, que denuncie”, observou o conselheiro tutelar Jean Dilon.
Os dois meninos estão bem e se recusaram a ir para a casa de familiares. Portanto, devem permanecer em um abrigo de Imbituva.
Outro lado
Os advogados do casal disseram que o caso não é grave e envolve apenas cuidados por parte dos pais.
“Eles negam a gravidade destes fatos, da forma que está sendo colocado. Relatam que tinham uma rotina com as crianças, que iam para a escola e tinham uma alimentação normal. Há um certo exagero. Acreditam que com as investigações tudo vai ser esclarecido”, comentou Fernando Estevão Deneka. 

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário