quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

ELEIÇÕES 2012 - MAIORIA DOS VEREADORES DO PARANÁ AUMENTAM SEUS SALÁRIOS. VEJA


As cidades com maior número de habitantes e também com representação expressiva na economia do Paraná vão pagar novos salários para os vereadores a partir de 2013. Em Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina e Maringá os projetos de lei já foram aprovados. Em Ponta Grossa existe uma proposta que ainda não tem data para entrar em pauta, porque não foi protocolada na Mesa Executiva. O preojeto de lei prevê que o atual salário de R$ 7.400 mil passe para R$ 9.200. E em Apucarana, nesta quarta-feira (21), os vereadores vão votar um aumento de 50%. Se aprovado, a remuneração dos parlamentares passará de R$ 6.700 para R$ 10.020. Em Londrina, no norte do estado, o aumento aprovado pelos vereadores foi de 110%. Na avaliação do cientista político Marcos Rossi, o reajuste, sem discussão prévia da sociedade, indica uma falta de transparência no legislativo. “As coisas aconteceram no plantão das almas. Ninguém sabia que isso ia acontecer”, afirmou Rossi. A proposta inicial previa também aumento salarial para o prefeito, o vice e secretários municipais. Mas isso foi alterado na segunda votação, que ocorreu na terça-feira (20). Os vereadores aprovaram apenas o próprio aumento salarial. Agora, em vez dos R$ R$ 5.724 os parlamentares vão receber mensalmente R$ 12.000. O novo valor representa um gasto extra para o município de R$ 1,4 milhão por ano. O dinheiro seria suficiente, por exemplo, para reformar duas quadras do calçadão de Londrina ou ainda para construir dois postos de saúde de pequeno porte. Em Cascavel, no oeste do Paraná, o aumento salarial foi aprovado em uma sessão extraordinária da Câmara nesta terça-feira (20) por oito votos a seis. Dos atuais R$ 6.192 a remuneração passa para R$ 9.600, um aumento de 55%.
Para justificar o reajuste, o vereador Marcos Damaceno, presidente da Câmara de Vereadores, cita a existência de uma lei federal que permite que nas cidades com até 300 mil habitantes, os vereadores ganhem até 50% do salário dos deputados estadual, que no Paraná, hoje, é de R$ 15.000. “Ninguém sabe quem vai para a reeleição, então, não existe um auxilio próprio”, afirmou Damaceno. O correto, acrescentou o vereador, seria um o reajusta anual e o que evitaria esta polêmica a cada quatro anos.
  •  
Apucarana
Cascavel
Curitiba
Foz do Iguaçu
Londrina
Maringá
Ponta Grossa
De
R$ 6.700 
De
R$ 6.192
De
R$ 10.400  
De
R$ 7.700 
De
R$  5.724
De
R$ 6.312 
De
R$ 7.400 
Para
R$ 10.020
Para
R$ 9.600
Para
R$ 13.500
Para
R$ 8.200
Para
R$ 12.000
Para
R$ 12.025
Para
R$ 9.200
By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: G1 Paraná

Nenhum comentário:

Postar um comentário