quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

DOADORES DE SANGUE PODERÃO TER DIREITO A MEIO INGRESSO


Doadores regulares de sangue poderão ter direito a desconto de 50% no preço de ingressos para eventos culturais, artísticos, esportivos e de diversão. A deputada Eliane Rolim, do PT do Rio de Janeiro, apresentou projeto que concede o benefício (PL 2320/11) também no pagamento das taxas de inscrição para concursos públicos. Para ter direito ao desconto nos ingressos e nas taxas dos concursos, o doador deverá ser registrado no hemocentro ou nos bancos de sangue dos hospitais públicos. A deputada Eliane Rolim justifica sua proposta. "A gente sabe que, por vezes consecutivas, os bancos de sangue, os hemocentros amargam uma enorme redução nos seus estoques de sangue. E doar sangue é doar vida. Todos os dias, infelizmente, a gente sabe que acontecem acidentes, as pessoas sofrem intervenções cirúrgicas de urgência, e elas aguardam que o povo faça um gesto de solidariedade e doe sangue - o que nem sempre acontece." Eliane Rolim afirma que, se o projeto for aprovado, vai diminuir o sofrimento dos que estão internados nos hospitais à espera de doadores de sangue; vai aumentar consideravelmente os estoques de sangue nos hemocentros e bancos de sangue de todo o País, além de proporcionar a cidadania, por meio do incentivo à cultura, ao lazer e ao esporte. Apesar de reconhecer os méritos da proposta, o jornalista Carlos Guimarães Coelho, que é produtor cultural de Uberlândia, em Minas Gerais, avalia que ela pode inviabilizar muitos espetáculos.  "Mesmo sendo uma causa nobre, a pergunta é: quem subsidia isso? Um espetáculo teatral, por exemplo, um show musical muitas vezes tem um custo operacional muito alto, principalmente quando ele está em turnê, tem uma logística para ser coberta. Quando você estende descontos de 50% para portadores de deficiência, para estudantes, para a terceira idade, para professores, para doadores de sangue, chega num ponto em que quase todo mundo paga meia. Isso onera muito o custo do ingresso. Acaba que aquele que paga a inteira está bancando o desconto oferecido para todos esses segmentos." Coelho sugere que o governo subsidie o desconto de 50% na meia-entrada. O projeto tramita em conjunto com outro que trata de assunto idêntico (PL 197/11). As duas proposições vão ser analisadas pelas comissões de Educação e Cultura; de Seguridade Social; de Finanças, e de Constituição e Justiça. Se aprovadas, podem seguir direto para o Senado.
By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Renata Torres (Radio Câmara) Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário