terça-feira, 1 de março de 2011

Tecnico Nunes assume o Primavera para disputa da 2ª Divisão do Paulista


O Primavera de Indaiatuba apresentou na manhã deste sábado seu treinador para a temporada 2011. Trata-se de Carlos Nunes (foto ao lado), que vinha trabalhando no futebol paranaense. Carlos Nunes será o responsável pela montagem do time que disputará o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, que começa no dia 1.º de maio.
 “Venho acompanhando o trabalho do Primavera de longo tempo e queria ter uma oportunidade no interior paulista, que é o mais competitivo do Brasil. E entrar no Estado de São Paulo em um time como o Primavera e em uma cidade como Indaiatuba é tudo que eu queria para evoluir na minha carreira de treinador”, comentou Carlos Nunes.
Carlos Nunes foi escolhido pelo presidente Mário Sérgio Matsumoto após uma criteriosa análise entre perfis que se adaptam ao trabalho que será desenvolvido no Primavera.
“Antes de optarmos pelo Carlos Nunes, estudamos vários nomes. E o trabalho que ele vem desenvolvendo no Paraná, de revelar jogadores e conquistar acessos, casou com o que pretendemos em 2011”, explicou o presidente primaverino na apresentação de Carlos Nunes.
Antes de Carlos Nunes, o Primavera estava negociando com Claudemir Peixoto, mas além da dificuldade do acerto, Peixoto acabou se transferindo para a Itapirense, que está disputando o Campeonato Paulista da A3.
O elenco do Primavera começa a ser formado a partir da próxima semana, quando serão avaliados vários jogadores, além da volta dos que estavam no clube e que chegaram à última fase da Segundona em 2010, não conquistando o acesso para a A3 por apenas um ponto.
“A montagem do time é o ponto principal nesta divisão. Vamos fazer uma análise criteriosa e preparar o Primavera para conquistar o acesso. O que todos podem ter certeza é de uma total dedicação ao trabalho”, completa Carlos Nunes.
Além dos jogadores que já estavam no clube, a primeira contratação poderá ser do atacante Daniel Grando, que chegou a jogar no Corinthians e que teve boa passagem pelo próprio Primavera em anos anteriores.
Após encerrar a carreira, Carlos Nunes radicou-se no Paraná e vem dirigindo times como Andraus Brasil de Curitiba, conhecido por revelar jogadores como Diego Tardelli, Rodrigo Mancha e Antônio Flávio; Operário de Ponta Grossa, Portuguesa de Londrina, América de Ponta Grossa e Serrano de Prudentópolis. Em 2010 esteve à frente do Foz, de Foz de Iguaçu.
Texto: Futebol Interior – foto: Futebol Interior
Programa Intervalo no Esporte (12:00 as 13:00 hrs) – Radio Cidade – www.cidade104fm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário