quinta-feira, 19 de abril de 2012

DEUPTADOS E SENADORES NÃO VÃO TER MAIS O 14º E 15º SALÁRIO

O projeto aprovado pela Mesa Diretora do Senado diz que a ajuda de custo, que hoje é paga no início e no fim de cada ano, será concedida apenas no início e no final do mandato, para auxiliar nas despesas de transferência para Brasília e mudança da capital. A primeira vice-presidente do Senado, Marta Suplicy, do PT de São Paulo, relatou como ocorreu a decisão da Mesa: Foi por unanimidade. São subsídios muito antigos, referentes até à época em que o Senado era no Rio de Janeiro e ajuda as famílias a se locomoverem, as despesas grandes de transporte. Isso mostra um movimento de austeridade por parte do senado. O relator do projeto na Mesa Diretora e segundo vice-presidente do Senado, Waldemir Moka, do PMDB de Mato Grosso do Sul, lembrou que o pagamento dos chamados décimo-quarto e décimo-quinto salários não se justifica mais. E que a decisão do Senado deve influenciar as assembleias estaduais que ainda não tomaram medida semelhante: Com certeza. Até porque as assembléias levam isso em consideração na hora também de formatar os seus salários. Isso acaba diminuindo também. É uma reação em cadeia, em cascata. O projeto que reduz a ajuda de custo paga aos congressistas segue agora para análise do plenário do Senado. A votação está prevista para a próxima quarta-feira, dia 25 de abril.

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: Mauricio de Santi (Radio Senado) Imagem: Radio Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário