domingo, 21 de janeiro de 2018

Collor anuncia pré-candidatura à Presidência



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: YAHOO Imagem: Fátima Meira (Futura Press)


O ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello (PTC) anunciou, nesta sexta-feira, sua pré-candidatura à Presidência da República. O anúncio foi feito em entrevista a uma rádio de Arapiraca, em Alagoas, que pertence ao grupo de comunicação de sua família.
“Tenho uma vantagem em relação a alguns candidatos porque já presidi o País. Meu partido todos conhecem. Todos sabem o modo como eu penso e ajo para atingir os objetivos que a população deseja para a melhoria de sua qualidade de vida”, declarou.
Color presidiu o Brasil entre 1990 e 1992, quando se tornou o primeiro chefe da República a sofrer impeachment. Em seu lugar, assumiu o seu vice, Itamar Franco.
Segundo o senador, o assunto será tratado na convenção do partido, antigo PRN.
Na entrevista, o senador lembrou a importância da realização de reformas, principalmente a política, que deve diminuir o número de partidos.
“Alguns avanços vêm sendo atingidos, mas muitas outras reformas precisam ser executadas, sobretudo a política, para que possamos ter um conjunto de partidos que representem as faces ideológicas de uma sociedade. Não podemos conviver com 38 partidos, dos quais 27 têm representação no Congresso Nacional. Isso traz uma possibilidade de ingovernabilidade muito grande”, argumentou.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Quatro pessoas morreram em colisão frontal na PR-218



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RPC Imagem: Tá no Site


Quatro pessoas morreram em um acidente na manhã desta sexta-feira (19), na rodovia PR-218, em Joaquim Távora, no norte do Paraná. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um carro e um caminhão bateram de frente.
As quatro vítimas, entre elas um adolescente de 12 anos, estavam no automóvel. Os bombeiros relataram que um dos passageiros chegou a ser socorrido e levado ao Pronto Socorro Municipal de Santo Antônio da Platina, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
O motorista do caminhão não se feriu.
A colisão ocorreu próximo ao entrocamento da rodovia PR-092, sentido Guapirama. Os bombeiros relataram ainda que as quatro vítimas seguiam para Guapirama.
Os quatro corpos foram levados ao IML de Jacarezinho.
Os bombeiros ainda relataram que as quatro vítimas seguiam para Guapirama. 

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Procurador diz não ver razões para pedir prisão de Lula



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: BANDA B Imagem: Agência Senado



O procurador regional da República Maurício Gotardo Gerum, que vai defender o aumento da pena de Lula durante julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, afirmou nesta quinta-feira, 18, por meio de nota, que não “vê razões para formalizar” pedido de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Responsável pela sustentação oral em julgamento de recurso da defesa do petista contra a pena de 9 anos e 6 meses no caso triplex, entende que Lula cometeu três crimes em vez de um, como sentenciou o juiz federal Sérgio Moro.
“O procurador regional da República Mauricio Gotardo Gerum não formalizou, e não vê razões para formalizar, qualquer pedido em relação à prisão cautelar do ex-presidente”, afirma a Procuradoria Regional da República da 4ª Região.
Para Gerum, “em caso de condenação dos réus da referida ação penal, qualquer medida relativa ao cumprimento de pena seguirá o normal andamento da execução penal, não havendo razões para precipitá-la”.
O ex-presidente será julgado no dia 24, pelo TRF-4. Ele apela da sentença de Moro, que o condenou por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O magistrado da Lava Jato entendeu que o triplex no condomínio Solaris, no Guarujá, e suas respectivas reformas custeadas pela OAS, foram formas de pagamento de propinas de R$ 2,2 milhões ao ex-presidente.
Os recursos de Lula e de outros seis réus do processo do triplex serão julgados pelo desembargadores da 8.ª Turma da Corte federal – João Pedro Gebran Neto, Victor Laus e Leandro Paulsen
Para a Procuradoria da República da 4ª Região, Lula cometeu um crime de corrupção para cada contrato entre a OAS e a Petrobras. O juiz Sérgio Moro considerou que o ex-presidente cometeu um delito neste enquadramento.
Gerum ainda vai sustentar que há “nexo causal” entre a assinatura dos contratos e o recebimento de propina por Lula.



OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE