quarta-feira, 30 de maio de 2012

SÃO PAULO NEGOCIOU OSCAR C/ INTER

O São Paulo negociou o meia Oscar com o Internacional por R$ 15 milhões, na maior transação interna de um jogador no Brasil. O jogador está na seleção e foi o camisa 10 contra a Dinamarca, vitória por 3 a 1 no sábado. Em contrapartida, o clube do Morumbi retira todas as ações que estavam na Justiça e que impediram Oscar de defender o clube gaúcho."Estou muito feliz porque finalmente fechamos o acordo e agora não existe nenhuma pendência. Agradeço a todos que durante esse período estiveram ao meu lado. Gostaria de agradecer também à minha família, ao meu empresário Giuliano Bertolucci, aos meus advogados e também os do Internacional, assim como a torcida colorada. Estamos juntos", disse Oscar através de sua assessoria de imprensa. Revelado pelo São Paulo, Oscar foi promovido para a equipe principal em 2008, mas apesar de ter contrato até dezembro de 2012 deixou o clube tricolor em 2009 e foi para o Internacional. Desde então virou alvo de batalha judicial entre os dois clubes. Após se desligar judicialmente do São Paulo, Oscar acertou com o Inter até 2016. O time paulista passou a brigar pelo retorno do meia sob justificativa que houve rescisão unilateral do contrato. No início de fevereiro deste ano, o São Paulo conseguiu recuperar os direitos sobre o jogador graças a decisão do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo. Oscar chegou a ficar cerca de 50 dias sem atuar por conta disso.No último dia 4 de abril, a CBF publicou em seu site oficial a rescisão do registro do atleta com o São Paulo e a reativação de seu vínculo com o Internacional. No dia 8 de maio, a CBF emitiu documento informando que Oscar tinha vínculo empregatício com São Paulo e Internacional. Isso, contudo, impossibilitou que o meia jogasse. O CBJD prevê que o atleta que tem vínculo com dois clubes não pode jogar. Um dia depois, a CBF autorizou que o Inter utilizasse o atleta. O clube gaúcho já havia feito outras tentativas de negociar com o São Paulo, mas sem sucesso até então.

By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: EDUARDO OHATA (Folha) Imagem: Marcelo Sayão

Nenhum comentário:

Postar um comentário