segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Menino nigeriano abandonado pela família por acusação de ser um "bruxo" vai pela primeira vez à escola



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: R7 Imagem: Divulgação

Abandonado pela família pela acusação de ser um "bruxo", um garoto nigeriano foi à escola pela primeira vez depois de um ano de ter sido resgatado.
O menino foi adotado pela filantropa dinamarquesa Anja Ringgren Loven, que o batizou de Hope (esperança, em inglês) e publicou uma foto no Facebook semelhante ao momento em que ela o resgatou, em janeiro do ano passado.
À época com 2 anos, Hope vivia nas ruas da Nigéria completamente sozinho e sem roupas, se alimentado apenas com os restos das refeições que as pessoas deixavam na rua.
Na imagem publicada por Loven, ela aparece dando água para o menino em seu primeiro dia de aula após ser resgatado
Hoje Hope parece bem mais saudável depois de passar por um processo de recuperação milagroso com Loven.
Quando a dinamarquesa encontrou Hope, ele já vivia ha oito meses nas ruas, tinha muitos vermes no estômago e precisou tomar uma série de remédios para que eles fossem eliminados de seu organismo.
Responsável por administrar um orfanato na Nigéria, Loven arrecadou cerca de R$ 3 milhões de doadores de todo o mundo para cuidar de Hope.
Desde então, Loven tem sido reconhecida como uma das pessoas mais influentes do mundo graças aos esforços para cuidar do pequeno nigeriano.
Na Nigéria, é comum que os pais acreditem que os filhos têm demônios no corpo. Por isso, muitos bebês passam por processos de exorcismos considerados cruéis. 
MATÉRIA RELACIONADA:
Recuperação de criança considerada 'bruxa' está comovendo a internet.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário