segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Hélio Cury critica declaração de 4º árbitro no Atletiba; “não sei de onde ele tirou isso”



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RÁDIO CBN Imagem: Divulgação


Em entrevista à CBN Curitiba, o presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Cury, disse que o quarto árbitro escalado para o clássico Atletiba de ontem, Rafael Traci, foi infeliz ao dizer que o jogo não iniciaria porque a transmissão da partida não estava sendo feita pelos detentos dos direitos de imagem.
Cury disse que não sabe da onde Traci tirou a informação
Lembrando que em um áudio original da transmissão do clássico entre Atlético-PR e Coritiba, conseguido com exclusividade pelo UOL Esporte, o quarto árbitro da partida, Rafael Traci, afirmou que não podia iniciar o jogo enquanto houvesse a transmissão pela internet, alegando que ela não era feita pelos detentores de direitos de transmissão do campeonato.
A versão é diferente do que foi dito pelo presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Hélio Cury, de que o impedimento havia ocorrido apenas pelos profissionais não estarem credenciados para a partida.
Neste vídeo, Traci fala: “O pessoal não pode transmitir porque não é a detentora do campeonato”, afirmou Traci à beira do campo. “É isso que a gente recebeu de informação. Se continuarem eles (funcionários da transmissão) dentro do campo, nós não podemos ter essa partida”, completou.
Ainda em entrevista à CBN, o presidente da Federação Paranaense de Futebol falou em intransigência por parte dos clubes, em especial o Atlético Paranaense, para a não realização da partida.
MATÉRIAS RELACIONADAS:
A bola não rolou no Atletiba.

Presidente da FPF dá sua versão sobre o cancelamento do jogo.

Quarto árbitro contradiz federação sobre Atletiba: equipe do Youtube 'não é a detentora do campeonato'.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário