quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Temer defende idade mínima para aposentadoria como "coisa universal"



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: UOL Imagem: Alan Marques (Folhapress)

O presidente Michel Temer voltou a defender nesta terça-feira (7) a adoção de uma idade mínima para a aposentadoria, proposta pelo governo na reforma da Previdência que tramita no Congresso Nacional, e disse que a medida é uma "coisa universal" que já vigora em outros países.
Em cerimônia de assinatura de ordens de serviço para obras em Sergipe, Temer, que se reuniu nesta terça em Brasília com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, mencionou o exemplo do país vizinho, que adotou a idade mínima de 65 anos, como propôs o governo brasileiro, e já caminha para elevar a idade para 70 anos.
"Ainda agora com o presidente Macri, que veio ao Brasil para firmar uma parceria cada vez mais sólida com o nosso Estado, dizia ele: 'olha, nós lá já fixamos há muito tempo a idade mínima de 65 anos e agora também fixamos que, a cada dois anos, vai mais um ano, até atingir os 70 anos", disse Temer.
"Então, esta é uma coisa universal. As pessoas precisam disso, porque, os senhores viram, o nosso deficit [rombo] é de R$ 149 bilhões na Previdência Social", acrescentou.
MATÉRIAS RELACIONADAS:
 
 
 
OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário