sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Depois de divulgar vídeo rapaz é preso por estuprar suposto amante da namorada no PR



By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: R7 Imagem: Divulgação

Um dos vídeos gravados pelos suspeitos de estuprar um pintor de 31 anos na divisa dos municípios de Chopinzinho e Coronel Vivida, no Paraná, mostra que, além de sofrer o abuso sexual, a vítima ainda foi torturada psicologicamente.
Nas imagens, é possível ver a vítima levando tapas na cara e sendo ameaçado por um dos estupradores (foto).
— Vai aprender, rapaz. Na hora que você mexer com nós (sic), vamos te quebrar. Vai mexer com a minha mulher de novo?
O suspeito ainda ameaça a vítima de morte.
— Na próxima vez vou te matar.
De acordo com a polícia, o estupro teria ocorrido como vingança de um dos suspeitos que alega que o pintor mandou mensagens no celular da mulher dele. O vídeo mostra, ainda, o agressor dando tapas na cara da vítima, que é obrigada a responder perguntas e pedir desculpas.
— Desculpa por qualquer coisa que eu fiz de errado.
Além dessa gravação, os agressores fizeram um outro vídeo que mostra a vítima sendo obrigada a fazer sexo anal e oral com um deles. A polícia só teve conhecimento do caso, que aconteceu em outubro, após as imagens serem compartilhadas no WhatsApp. Assim, de acordo com o delegado que investiga o caso, Leonardo Guimarães, a vítima foi localizada.
— Ele não queria prestar depoimento, pois havia sido ameaçado de morte. Rudimar [um dos suspeitos] teria ameaçado inclusive a família da vítima. O que a fez ficar em silêncio.
Após conseguir o depoimento do pintor, Rudimar André Sangaletti (foto), de 21 anos, e Patrick Fenili, de 24 anos, foram presos. De acordo com a polícia, os depoimentos dos suspeitos não bateram.
Fenili acusa Sangaletti de obrigá-lo com uma arma a estuprar a vítima. Sangaletti, por sua vez, afirmou que o sexo foi feito com o consentimento do pintor e que ele teria "apenas" filmado a ação. De acordo com o delegado, com base nas imagens, a história dos suspeitos foi descartada.
Os dois foram presos no fim dessa terça-feira (24) por estupro, sequestro e ameaça. Sangaletti é investigado pelo estrupo  de uma menina de 13 anos que teria acontecido. A vítima teria, ainda, sido agredida após o abuso. Na cidade de Chopinzinho, o suspeito tem passagem por violência doméstica contra a namorada.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário