sábado, 27 de abril de 2019

Promotoria denuncia motorista que causou morte de jovem na PR-182


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: RADIO VOZ DO SUDOESTE Imagem: Divulgação

A Promotoria de Justiça Realeza, no Sudoeste do Paraná, apresentou denúncia contra o motorista de uma caminhonete, envolvido em um acidente que resultou deixou uma jovem de 22 anos morta e outras duas pessoas feridas, no dia 1º de janeiro deste ano, na PR-182.
Conforme denúncia apresentada à Vara Criminal da Comarca, o motorista causador do acidente estava embriagado e conduzia sua Chevrolet S-10 em alta velocidade, fazendo uso do aparelho celular, quando realizou ultrapassagem em local proibido.
Continua depois da publicidade
Na ultrapassagem, colidiu frontalmente com o Volkswagen Gol, ocupado pelas vítimas, que trafegava normalmente em sua via. O motorista causador do acidente ainda deixou o local sem prestar socorro as vítimas. A passageira do carro, Rayssa Bedin Camera, de 22 anos, morreu na hora, enquanto o motorista e a outra passageira ficaram gravemente feridos.
Segundo o MP-PR (Ministério Público do Paraná), o rapaz foi denunciado por um homicídio consumado e duas tentativas de homicídio, todos com dolo eventual - quando o agente assume o risco de produzir o resultado -, e ainda pela fuga do local do acidente.
Além dele, foram denunciados o pai do motorista e sua namorada. Conforme a Promotoria, o homem teria afirmado falsamente à polícia que era o condutor do veículo e realizado teste do bafômetro, enquanto a mulher é acusada de prestar falso testemunho.
O motorista teve a prisão decretada em 11 de janeiro de 2019, estando desde então foragido da Justiça. Caso acate a tese de dolo eventual, a Justiça poderá levar o acusado a julgamento por júri popular.

OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário