sexta-feira, 26 de abril de 2019

Mulher é condenada a 22 anos de prisão por matar menino de 6 anos, em Almirante Tamandaré


By: INTERVALO DA NOTICIAS
Texto: INTERVALO DA NOTICIAS Imagem: Divulgação

Ana Maria Gouveia, ré por matar e esconder o corpo de Izaque Furlan, de seis anos, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, foi condenada nesta quinta-feira (25) a 22 anos e nove meses de prisão.
A decisão foi proferida por júri popular, que condenou Ana por homicídio triplamente qualificado, dissimulação, além de ocultação de cadáver. 
Continua depois da publicidade 
A defesa de Ana Maria informou que pretende recorrer da condenação.
O marido dela, Claudinei Gonçalves Monteiro também réu no processo, foi absolvido pelo júri.
A condenada confessou que, em agosto de 2017, agrediu o menino com pedradas e usou um fio de enceradeira para enforcá-lo, de acordo com a investigação do caso. O corpo de Izaque foi encontrado em uma mala, dentro de um forno, na casa onde Ana e o marido moram. 
Família de Izaque
A mãe do menino, Neuza Furlan, disse que a família não está satisfeita com a sentença desta quinta-feira pois, segundo o entendimento dos familiares, Claudinei também deveria ter sido condenado. Na visão da mãe, o réu também cometeu os mesmos crimes que Ana Gouveia.


OS COMENTÁRIOS NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADES DO INTERVALO DA NOTICIAS. OS COMENTÁRIOS IRÃO PARA ANALISE E SÓ SERÃO PUBLICADOS SE TIVEREM OS NOMES COMPLETOS.
FOTOS PODERÃO SER USADAS MEDIANTE AUTORIZAÇÃO OU CITAR A FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário